Volks faz mudanças na linha 2020 do up! que agora parte de R$ 49.590

Muita se falava que a linha 2019 seria a última do up! no Brasil. Isso porque, além de o compacto nunca ter decolado nas vendas, ele é um projeto caro, voltado inicialmente para o mercado europeu, o que não permite, em tese, um preço mais competitivo por aqui. Entretanto, a Volkswagen anunciou que o up! seguirá no país, mas com redução de versões na gama. Agora são três opções: MPI (equipada com o motor 1.0 MPI de até 82 cv), Connect e Xtreme, ambas equipadas com o motor 170 TSI de até 105 cv.

Os preços são:

up! MPI – R$ 49.590

up! Connect – R$ 54.890

up! Xtreme – R$ 56.890

Segundo a Volks, as mudanças no up! integram a estratégia de hatches da montadora no Brasil, iniciada com o lançamento do Polo, que visa simplificar a complexidade da oferta de versões no portfólio, aumentando a competitividade dos modelos da marca no mercado nacional.

LEIA MAIS

+ Demanda pelo T-Cross faz a Volks ampliar produção na fábrica no Paraná

+ Entenda porque o T-Cross é o SUV mais barato para reparar no Brasil

+ Dirigimos todas as versões do T-Cross: qual melhor opção do SUV da Volks?

Diferenças visuais
As novas versões se diferenciam por detalhes visuais. O up! MPI se diferencia pelas maçanetas e retrovisores pintados na cor da carroceria e pelos faróis com máscara escurecida (esse item passa a ser oferecido de série em todas as versões).

O up! Connect, que retorna como versão – anteriormente era série especial – é equipado com nova roda de liga leve de 15 polegadas (pneus 185/60 R15) e faixa lateral alusiva à versão.

A Xtreme, que passa a ser a opção de topo do up!, traz retrovisores na cor preta, rack de teto em “chrome effect”, roda de liga leve de 15 polegadas (pneus 185/60 R15) diamantada com detalhes em preto brilhante e adesivo alusivo à versão nas laterais.

Conteúdo das versões

O modelo é completo em suas três versões – não há lista de opcionais. Todas são oferecidas apenas em carroceria de quatro portas e trazem de série, entre outros recursos muito: ar-condicionado; direção com assistência elétrica; “DRL” (luz de condução diurna); volante multifuncional; computador de bordo; chave tipo “canivete” com controle remoto; travamento, vidros dianteiros e retrovisores (com recursos “tilt down” do lado direito) elétricos e sistema de som com suporte para smartphone no painel.

O up! MPI traz pneus de baixa resistência ao rolamento nas medidas 175/70 R14; banco do motorista com regulagem de altura e alerta sonoro dos faróis acesos, além de ajuste de altura para o volante. Atrás do suporte do celular há, ainda, uma entrada USB para carregar o telefone.

O up! Connect adiciona aos itens oferecidos pela versão MPI: iluminação ambiente no painel, faróis de neblina e sistema de som Composition Phone, que permite conexão por Bluetooth e tem função de leitura de dados pela porta USB do suporte para celular. O up! Xtreme acrescenta à lista os sensores de estacionamento traseiros à lista de itens de série.

O up! tem garantia total de três anos e é oferecido em cinco cores: Preto Ninja, Branco Cristal e Vermelho Flash (sólidas), além das metálicas Prata Sírius e Cinza Platinum.

Motores

O motor 1.0 TSI Total Flex foi um marco na indústria nacional em termos e inovação, eficiência energética e prazer ao dirigir. Trata-se do primeiro motor com injeção direta, turbocompressor e flexível produzido no Brasil.
Com três cilindros e 999 cm³ de cilindrada, sua potência máxima é de 101 cv (74 kW) a 5.000 rpm, quando abastecido com gasolina, e de 105 cv (77 kW) à mesma rotação, com etanol. O torque máximo é de excelentes 16,8 kgfm, com gasolina ou etanol, disponíveis já a partir de apenas 1.500 rpm. O valor é próximo do entregue por motores maiores.

O up! equipado com motor TSI leva apenas 9,4 segundos de 0 a 100 km/h e atinge 183 km/h de velocidade máxima, ambos com etanol (E100). Com gasolina (E22) no tanque, acelera de 0 a 100 km/h em 9,6 segundos, com velocidade máxima de 181 km/h.

Moderno e econômico, o motor EA211 1.0l R3 tem 82 cv quando abastecido com 100% de etanol e de 75 cv com 100% de gasolina no tanque. O torque máximo é de 10,4 kgfm a 3.000 rpm com etanol e de 9,7 kgfm à mesma rotação, quando abastecido com gasolina. Já a partir de apenas 2.000 rpm 85% do torque máximo está disponível, o que lhe confere grande agilidade no uso urbano e retomadas de velocidade seguras na estrada.

O up! MPI leva 12,9 segundos de 0 a 100 km/h e atinge 162 km/h de velocidade máxima, ambos com etanol (E100). Com gasolina (E22) no tanque, o up! MPI acelera de 0 a 100 km/h em 13,1 segundos, com velocidade máxima de 161 km/h.

Construção segura

Todo up! é equipado de série com sistemas ISOFIX® e top-tether para fixação de dispositivos de retenção infantis (cadeirinhas), importantes recursos de segurança. Além disso, o alerta sonoro e o indicador de uso do cinto de segurança no painel informa se o condutor e o passageiro do banco dianteiro estão com os cintos de segurança afivelados. No banco traseiro os cintos laterais são retráteis.

A utilização do espaço no carro é excepcionalmente boa, graças a seus 2,42 metros de distância entre-eixos – uma das maiores no segmento –, combinada ao motor compacto e à própria configuração do conjunto motriz. O motorista e os passageiros dianteiro e traseiros viajam com conforto e segurança no up!, que tem 1,50 metro de altura, 1,64 m de largura (sem espelhos retrovisores) e porta-malas de 285 litros.

Para tornar o up! tão seguro são aplicados modernos recursos técnicos de construção. A carroceria do up! tem 75% de seu peso composto por aços especiais, que possuem diferentes graus de resistência, conforme a necessidade – trata-se da aplicação do material correto no local certo.

Em sua estrutura combinam-se aços de ultra-alta resistência, alta resistência, média resistência e de estampagem profunda. Reforços adicionais, na parte superior da porta, por exemplo, aumentam a segurança passiva. O up! também utiliza aços conformados a quente, que possuem ainda maior resistência e que permitiram reduzir o peso da estrutura do carro. O up! foi o pioneiro em seu segmento no País a utilizar esse material.

O modelo tem os mais altos padrões em sua classe com rigidez torcional estática. Alta rigidez torcional tem um efeito positivo definido no conforto e na dirigibilidade do carro. Em paralelo, a rigidez dinâmica do up! é também excelente e isso traz benefícios em acústica, vibrações e conforto de rodagem.

Compacto premiado

Desde seu lançamento, em 2014, o up!, que já emplacou 300 mil unidades, recebeu 32 prêmios e venceu diversos comparativos. Além disso, os motores que o equipam foram eleitos “Motor do Ano” em 2014 (MPI) e 2016 (TSI).
O up! inaugurou entre os veículos Volkswagen fabricados no Brasil conceitos como a utilização em sua carroceria de aços conformados a quente, o que lhe permitiu atingir excelente desempenho em testes de colisão. Também assumiu o posto de carro com o melhor índice de reparabilidade do CESVI, entre outras conquistas importantes.

O up! tem relevante contribuição para mercados de exportação a partir do Brasil, como o Uruguai. Naquele país, o up! foi o modelo mais vendido da marca em 2018, contribuindo para a liderança de mercado da Volkswagen pelo segundo ano consecutivo. Mais de 86 mil unidades do up! já foram exportadas para os mercados da Região SAM (América do Sul, Central e Caribe).

Publicidade

Artigos Recentes

Publicidade
Publicidade