Especiais Mercado

Venda online, inovação e aposta no futuro: conheça a trajetória de Solon Galvão

SBD Parvi

A trajetória de sucesso no meio empresarial passa, necessariamente, pelo enfrentamento das crises. Nos últimos 30 anos, o Brasil e o mundo passaram por momentos agudos, de recessão. Diante do tempo, com força e perseverança, os empresários Solon Galvão e Carmélia Galvão de Melo, fundadores da JBS Veículos, conseguiram vencer. Solon pode se orgulhar e compartilhar seu trajeto. Tornar pública a história da empresa pode inspirar novos empreendedores que se veem diante da maior crise que este país já passou.

Solon lembra que nestes 30 anos, à frente da JBS, que o setor automotivo nacional enfrentou diversos momentos agudos de crises, algumas que pareciam impossíveis de serem vencidas. “Essa atual (crise) é a pior, sem dúvida. Mas já passamos por situações muito difíceis, como o confisco da poupança no início dos anos 1990 (pelo então presidente Fernando Collor). Naquela época, ou você comprava o carro à vista ou tinha opção de parcelar em até três vezes (30-60-90 dias) pelo banco. Diante do cenário devastador das pessoas sem dinheiro, assumi o compromisso com meus clientes de parcelar os carros em seis vezes pela casa, algo inédito no mercado automotivo aqui em Pernambuco naquela época. São essas atitudes de confiança mútua que sempre trilharam nossa trajetória”, lembra o empresário.

Outro conselho que Solon dá aos novos empreendedores é o do foco naquilo que você está querendo negociar. Desde quando decidiu, em 1990, migrar para o segmento automotivo de seminovos, o empresário não se desviou do caminho. “Não me arrependo de nada em ter dedicado esses trinta anos ao segmento, a esta marca. Nesse período, vimos muitos empresários do setor migrando para concessionárias de carros novos ou mudando de ramo. Mas nós nos mantivemos firmes e hoje temos uma solidez que nos garante a força para atravessar crises como essa que estamos vivendo”, explica.

Solon Galvão com os filhos na JBS do Pina

Confiança e solidez, como disse Solon, são armas importantes para enfrentar as tempestades como as dos dias de hoje. A JBS Veículos possui três lojas no Recife e está em processo de abertura da quarta unidade. Mas somente isso não seria suficiente para vencer a crise que exigiu o fechamento temporário (já são mais de dois meses) de todas as unidades. A venda online, que já era prática da loja, tornou-se então a única forma de faturamento.

E é neste cenário que a confiança e a solidez fazem a diferença. “O que mais a gente escuta de nossos clientes e amigos é: ‘Da JBS você pode comprar de olhos fechados’. E isso vem mesmo antes de site ou venda pela internet. Mecânicos já dizem há um bom tempo que, quando o carro é da JBS não era preciso eles irem na loja para vistoriar. Essa confiança foi conquistada com muitos anos de trabalho correto e sempre mantendo o foco”, ressalta Solon Galvão.

Sem fronteiras

A venda 100% online, que hoje é uma necessidade, vai seguir forte mesmo com a reabertura do comércio. Isso é consenso entre os empresários. Mais do que nunca a confiança do cliente e no cliente será moeda importante no mercado. “As pessoas estão comprando carros através de fotos, mas muito disso se deve à confiança que conquistamos. Hoje somos uma loja sem fronteira. Vendemos e entregamos carros em todos os cantos do país e isso exige ainda mais atenção. Se sempre nos preocupamos com os cuidados, isso agora é ainda mais importante”, completa o empresário.

Os canais digitais de venda já são uma forte realidade na JBS

A entrada da JBS no mundo virtual aconteceu há alguns anos e os filhos do empresário, que hoje administram as lojas ao lado do pai, tiveram papel fundamental. Solon Filho e Saulo Galvão absorveram os valores passados pelo patriarca e levaram o conceito de foco, qualidade e confiança para o campo das vendas pelos canais digitais.

A JBS tornou-se rapidamente referência regional também no comércio online e hoje consegue colher os frutos mesmo em uma crise sem precedentes. “Temos mais de 200 carros nas lojas físicas, mas vendemos e entregamos, há muito tempo, para toda parte do país. Por isso, essa situação atual, que não está sendo fácil para ninguém, não nos pegou desprevenidos, de certa forma”, afirma Solon Filho. “Nessa hora, a tradição e a transparência da empresa dará mais confiança ao consumidor. É nisso que nos apoiamos. Já temos a experiência nessa modalidade de venda e podemos passar essa segurança para os clientes”, completa Saulo.

Veja a linha do tempo com a trajetória da JBS

Setembro de 1990 Quando tudo começou

Setembro de 1990 Quando tudo começou

A família Galvão de Melo, até então no ramo de farmácias, muda radicalmente e abre a primeira unidade da JBS no prédio alugado na Avenida Caxangá. Iniciava ali uma trajetória de sucesso. Com perfil empreendedor e pioneirismo, Solon Galvão de Melo inovava no mercado ao ser o primeiro no ramo de seminovos a abrir a loja aos domingos, criando assim uma nova forma de se vender carros no Recife. Naquele ano, o carro mais cobiçado e vendido era o Volkswagen Gol (foto acima), que já trilhava seu longo reinado de 27 anos no mercado nacional.

1994 – Desistir? Que nada. Expandir!

Quando o negócio estava a pleno vapor, o dono do prédio alugado pediu o ponto. O que poderia ser um motivo de desistência serviu de incentivo para a expansão dos negócios. O patriarca Solon Galvão de Melo seguia apostando na Avenida Caxangá, agora em um prédio próprio e com o triplo da capacidade de carros no show-room. A JBS consolidava-se no mercado de seminovos na capital pernambucana.  

1997 – Nova mudança

1997 – Nova mudança

Essa é uma data decisiva dentro da trajetória de sucesso da JBS. Solon Galvão comprou o ponto número 2834 da Avenida Caxangá, onde até hoje funciona a atual loja que é referência no segmento.

2008 – Loja cresce e se consolida

2008 – Loja cresce e se consolida

Durante 12 anos, Solon Galvão expandiu a JBS na Caxangá, adquirindo três outros pontos vizinhos, fazendo assim da JBS uma das maiores lojas do ramo de seminovos da capital pernambucana. 

2013 – JBS já é referência na Caxangá

2013 – JBS já é referência na Caxangá

Outro momento de significativa importância para a JBS ocorreu durante o ano de 2013. Isso porque a loja da Caxangá passou por grandes reformas, deixando a matriz no aspecto atual: moderno, espaçoso e pensado no conforto do cliente. Quando as reformas da matriz foram concluídas, chegava a hora de expandir os horizontes da JBS. Era preciso atender aos clientes que moravam na Zona Sul do Recife e a escolha do Pina foi uma iniciativa do patriarca com seus filhos, que já se dedicavam aos negócios da família (Solon Filho e Saulo Galvão).

2013 – Um ponto estratégico na ZS

2013 – Um ponto estratégico na ZS

O ponto estratégico, na principal entrada para a Zona Sul e a poucos metros do maior shopping da cidade, deu a JBS o patamar premium que ela carrega até hoje. O perfil do cliente pode ser outro, mas a dedicação dos Galvão de Melo aos negócios continuava o mesmo, tanto que a empresa precisou expandir novamente.

2018 – Nasce um novo conceito de loja

2018 – Nasce um novo conceito de loja

O mercado premium em alta exigia da JBS um espaço maior e mais moderno para os carros e, principalmente, para os clientes. Daí surgiu a extensão da loja do Pina. Mais do que um “anexo” para o espaço da Zona Sul, a nova unidade da JBS inaugurou um novo padrão de loja de novos (multimarca) e seminovos no Recife.

Boutique para carros de luxo

Boutique para carros de luxo

Desenvolvida como uma “boutique” de alto padrão, a nova loja é a primeira do segmento sendo 100% climatizada. Cada detalhe dela foi pensado para elevar o padrão de atendimento, mas sem perder a essência do trabalho iniciado lá em setembro de 1990, quando Solon Galvão, com apenas seis carros, dava o pontapé na trajetória da família que é apaixonada por automóveis e por atender bem.

2020 – Uma Loja Hi-Tech

O próximo passo da JBS será a expansão com a abertura da quarta unidade. Ela também será no Pina, nas proximidades das duas unidades que já existem no bairro. Mas trata-se de um projeto completamente novo e ousado. Será uma estrutura tecnológica desde o show-room até a área de entrega. O pessoal da JBS promete algo nunca visto aqui no estado ou até mesmo no Nordeste.

SBD Bremen Julho

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

ME CONHEÇA MAIS

RET JBS

Assine nossa newsletter

Fique atualizado sobre tudo que acontece no mundo automotivo!