Veja a importância de se ter um bafômetro descartável em casa ou no carro

Vamos imaginar a seguinte situação: você vai para uma festa ou encontrou amigos e amigas em um bar. Sabendo que iria beber, deixou o carro em casa. Até aí tudo certo. A noitada regada a cerveja, vinho ou sua bebida preferida esticou até por volta de meia-noite. Só que no dia seguinte você precisa pegar o carro para ir trabalhar logo cedo, mas acordou ainda com ressaca e com uma dúvida na cabeça: “será que ainda tem álcool no meu organismo? E se tiver uma blitz no caminho, será que vou ser enquadrado na Lei Seca?”. Quem passa por essa situação geralmente arrisca e pega o carro após dormir 5 ou 6 horas após ter bebido. Mas é importante ressaltar que nem todas as pessoas conseguem metabolizar completamente o álcool de uma noitada em menos de 6 horas de sono. Isso muda de pessoa para pessoa, dependendo da quantidade de bebida ingerida e do percentual de gordura corporal.

E o que fazer nessa situação então? É aqui que apresentamos o Le Ballon, um bafômetro individual e descartável para você fazer o autoteste e saber se estar apto a dirigir. Fez o teste em 3 minutos e deu positivo? Deixe o carro na garagem e arrume outro meio de transporte para ir trabalhar. São muitas as situações onde o autoteste pode te livrar de uma enrascada cara ou até mesmo de um acidente.

O sócio-fundador da Le Ballon, Luiz Ribeiro, trabalha no desenvolvimento de bafômetros há 20 anos. A empresa também fornece os novos etilômetros usados pela Polícia Rodoviária Federal em todo o país que dispensa o contado da pessoa com o aparelho. Segundo Ribeiro, o bafômetro individual descartável é uma solução simples e barata diante de uma situação que pode gerar uma multa elevada e possível acidente de trânsito. “É importante ressaltar que não estamos incentivando que as pessoas bebam e dirijam. A ideia do autoteste é justamente para dar segurança aos motoristas que estão em dúvida se o álcool já foi ou não metabolizado pelo corpo. É a segurança de que você vai sair sem o risco de estar com qualquer quantidade de álcool no metabolismo, até porque a tolerância da Lei Seca no Brasil é zero”, reforça.

O empresário destaca ainda que o bafômetro individual descartável é obrigatório nos carros da França. “A legislação de trânsito francesa passou a exigir dois itens no carro: o colete amarelo para ser usado em caso de o condutor ou passageiro tenha que sair do carro nas estradas, além do bafômetro descartável. Isso é para que as pessoas não tenham a desculpa de dizer que não sabiam que tinham álcool no organismo antes de dirigir”, ressalta.

Luiz Ribeiro fala da importância do bafômetro

A certificação do Le Ballon é dada pelo LNE – Laboratoire National d’ Essais, Paris (França) – correspondente e referência para o INMETRO) – através de estatuto em que nenhum Bafômetro durante a certificação pode informar um resultado falso positivo ou falso negativo sob pena de não receber certificação. Portanto a confiabilidade do resultado do bafômetro individual LeBallon é de obrigatoriamente 100%.

Os bafômetros da Le Ballon podem ser encontrados em postos de gasolina da rede Cemopel, com as bandeiras Shell, BR Petrobras e Esso, com várias unidades na Região Metropolita do Recife (veja onde encontrar aqui).

Conheça os riscos legais de beber e dirigir no Brasil:

– Até 0,33 mg/l: multa de R$ 2.934,70

Se for flagrado pela segunda vez em menos de 12 meses, o motorista pagará uma multa de R$ 5.869,40 e poderá ter a habilitação cassada independentemente da concentração de álcool no organismo. Suspensão por 12 meses do direito de dirigir e retenção do veículo.

– Mais de 0,33 mg/l: multa de R$ 2.934,70

É enquadrado por crime de trânsito e encaminhado à delegacia. A detenção é de 6 meses a 3 anos, que poderá ser revertida em serviço à comunidade ou pagamento de cestas básicas. Suspensão por 12 meses ou proibição permanente do direito de dirigir. Retenção do veículos.

– Não soprou o bafômetro: multa de R$ 2.934,70

Suspensão por 12 meses do direito de dirigir. Retenção do veículo. Sinais de embriaguez (hálito ou desorientação), além de provas em imagens e vídeo poderão ser incluídos no auto de infração para constatar a alteração da capacidade psicomotora.

– Acidente de carro com vítima:

Vítima com ferimento grave: Prisão de 2 a 5 anos, com fiança estipulada por juiz.
Vítima fatal: Prisão de 5 a 8 anos e fiança estipulada por juiz.

* Fonte: Observatório Nacional de Segurança Viária

Publicidade

Artigos Recentes

Publicidade
Publicidade