Lançamentos

Toyota promove em Detroit o renascimento do esportivo Supra

Depois de 17 anos da sua última versão apresentada ter saído de produção, a Toyota finalmente mostrou a quinta geração do esportivo Supra durante o Salão de Detroit.

A tradicional motorização 3.0 de seis cilindros em linha com turbo, que entrega 340 cavalos de potência e 51 kgfm de torque também está presente, porém, apenas na versão topo de linha. O novo Supra tem ainda a opção de ser equipado com um 2.0 turbo de quatro cilindros com dois desempenhos, um capaz de entregar 197 cavalos e 40,8 kgfm de toque e outro que desenvolve até 258 cavalos e 32,6 kgfm de torque.

LEIA MAIS

+ Corolla híbrido chega esse ano ao Brasil com o visual europeu

+ Toyota confirma produção no Brasil do primeiro veículo híbrido flex do mundo

+ Toyota confirma versões híbridas para Hilux e SW4 no Brasil nos próximos anos

Todas os motores disponíveis estão associados à um câmbio automático de oito velocidades, com tração traseira. Segundo a Toyota, a versão SZ (que desenvolve 197 cavalos) sai da inércia e alcança os 100 km/h em 6,5 segundos. Enquanto isso a SZ-R de 258 cavalos vai de 0 a 100 km/h em 5,2 segundos. Já a versão mais potente, de 340 cavalos, faz o mesmo percurso em 4,3 segundos.

A marca ainda informou que o esportivo foi pensado não somente por sua potência e torque. O principal motivador da nova geração foi a dinâmica de condição e número apurados de entre-eixos, distribuição de peso e baixo centro de gravidade.

Sem confirmação de chegada ao Brasil, o Supra estará disponível nas lojas japonesas ainda em 2019.

SBD T-Cross

Baixe meu E-book

Inscreva-se para receber seu e-book gratuitamente

Acompanhe nosso canal

RET T-Cross
RET Virtus