Mercado

Terceira geração da Sprinter chega com padrão Mercedes de segurança

SBD Gasolina Dura mais 1

A Mercedes-Benz apresentou a jornalistas convidados a terceira geração da Sprinter, que será oficialmente mostrada ao público na Fenatran, que ocorre de 14 a 18 deste mês no São Paulo Expo, na capital paulistana. O modelo fabricado na Argentina chegará ao mercado brasileiro apostando na segurança e tecnologia, através do Assistente Ativo de Frenagem (ABA) e central multimídia, respectivamente.

LEIA MAIS

+ Mercedes-Benz apresenta o novo Actros antes da Fenatran

A marca alemã traz ao Brasil um patamar mais elevado do segmento com a terceira geração da Sprinter e suas mais diversas configurações, tendo 60 modelos diferentes que podem ser usados para transporte de passageiros através da van, transporte de carga ou adaptações para atendimentos com a opção chassi ou furgão.

O segmento de veículos comerciais leves tem um enorme ganho com a chegada da terceira geração da Sprinter devido ao padrão Mercedes-Benz adotado no modelo, com a chegada do sistema de direção elétrica, que traz ao condutor uma direção mais confortável devido a leveza do volante, a Keyless Start que permite a partida do veículo sem dar partida com a chave.

Continuando na cabine, o volante é muito parecido com o de um veículo leve da Mercedes, pois é equipado com diversos botões de comando, sendo alguns sensíveis ao toque, com versão disponível dotada de painel multimídia digital touch screen conectada a uma câmera de ré. De acordo com a marca, o sistema de ar-condicionado está mais potente e possui controle de velocidade do vento como também de temperatura, em formato digital.

Segurança

Para garantir a segurança, a marca alemã traz tecnologias exclusivas como o Assistente Ativo de Frenagem (ABA) e Assistente de Fadiga, além do Assistente de Subida em Rampa. Ao apresentar a Sprinter, a Mercedes mostrou para quê veio e colocou sua terceira geração ao limite para demonstrar a importâncias dos itens de segurança de série. Ao desabilitar o ABA – o que não é possível normalmente, mas foi adaptado para o teste – , a marca colocou suporte nas laterais do veículo para evitar o tombamento. Ao realizar uma curva brusca, o veículo, caso não estivesse com o suporte, tombaria com facilidade. Contudo, ao acionar o sistema de segurança, a Sprinter para grudar no chão, mantendo-se firme na pista.

Além dos itens apresentados, os faróis foram um pouco elevados para se tornar mais resistente em caso de choque com outro veículo ou obstáculo. O diretor de Vendas e Marketing Vans da Mercedes-Benz do Brasil, Jefferson Ferrarez, destacou a importância do sistema, “O ABA, por exemplo, revoluciona a segurança ativa no transporte urbano, com o padrão de segurança da Sprinter podendo ser equiparado ao de automóveis Mercedes-Benz, reconhecido mundialmente. Estamos assim alinhados com várias tecnologias utilizadas hoje na Europa e todas como itens de série”.

Motorização

A Sprinter chegará ao mercado brasileiro com uma oferta maior de motorização, trazendo mais potência para o mercado com as opções para a linha de vans de passageiros, furgões e chassis com cabina para transporte de carga. A versão 314 CDI Street possui motor de 143 cavalos de potência a 3.800 rpm e torque de 33,7 kgfm entre 1.200 e 2.400 rpm; O 416 CDI e 516 CDI estão equipados com motor de 163 cv a 3.800 rpm e torque de 36,4 kgfm entre 1.200 e 2.400 rpm. Para o proprietário que precisa de um veículo para transportar cargas mais pesadas, a versão 416 CDI suporta até 4.100 kg, tendo 220 kg a mais em relação ao modelo atual 415, que está no mercado.

SBD Volks T-cross

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

Baixe meu E-book

Inscreva-se para receber seu e-book gratuitamente

Acompanhe nosso canal

300×250 NEO Blindados
RET Autoparvi Corolla