Publicidade

Salão de Los Angeles vira a chave na pandemia e lança novidades

Los Angeles – Depois de praticamente quase dois anos de incertezas no setor automotivo mundial, falta de componentes e crise dos chips, o universo automotivo começa a dar sinais de retorno. Claro que para uma nova “normalidade”. E essa retomada aqui nos Estados Unidos começa em Los Angeles, no Convention Center, meio dividido pela ausência de players internacionais. Como boa parte dos alemães. Com excessão da Porsche, que tem sala exclusiva na mostra e exibe o GT4 RS e o Taycan GTS como atrações.

LEIA MAIS

+ VAMOS PARA O SALÃO DO AUTOMÓVEL DE LOS ANGELES E VOCÊ VAI ACOMPANHAR TUDO

A BMW, no BMW Space, promoveu uma clínica para apresentar dois novos produtos globais (vamos mostrar em breve) e a Volkswagen, com um estande externo, movimenta o drive no ID4, bem comentado na cidade. Audi e Mercedes não deram sinais de presença.

O L.A Auto Show, como previsto, destaca o time dos elétricos mas reafirma que os modelos a combustão, nem tão cedo, vão desaparecer do planeta. O evento não ocorreu no ano passado por conta da pandemia do coronavírus e está bem seletivo em termos de cobertura jornalística.

O público poderá, a partir desta sexta, cumprindo os protocolos da exibição da carteira de vacinação, conhecer as máquinas, sonhos de consumo ou não e, quem sabe, planejar o amanhã.

Porsche Cayman, Taycan e Panamera

A Porsche levou cinco novidades nos EUA. Com motores a propulsão, híbridos e elétricos, a marca alemã exibe o novo 718 Cayman GT4 RS – principal destaque -, além dos 718 Cayman GT4 RS Clubsport, Taycan GTS, Taycan GTS Sport Turismo e Panamera Platinum Edition.

Ford Maverick e F-150 Lightning

A Ford em Los Angeles aposta na sua mais nova picape, a Maverick. A novidade tem como destaque principal o seu motor 2.0 EcoBoost com tração integral AWD e transmissão automática de oito velocidades.

O modelo chega no mercado brasileiro no primeiro trimestre do próximo e ano e será lançado na versão Lariat FX4, com uma pegada mais off-road e equipamentos exclusivos para os fãs de aventuras, mas que ainda assim precisam enfrentar o trânsito dos centros urbanos. A montadora também coloca em cena a F-150 100% elétrica. A picape Lightning acredito que seja o elétrico mais relevante da exposição.

Outra novidade da marca norte-americana no evento é mais uma picape, a F-150 Lightning. O principal diferencial do modelo é um porta-malas na frente. Graças ao seu motor elétrico, o espaço do capô virou mais uma opção para guardar objetos com capacidade de 400 litros.

A Toyota levou para os EUA o novo BZ4X, protótipo de seu modelo eletrificado com a tecnologia BEV que está pronto. Com uma nova pegada focada na neutralidade de carbono, a japonesa está investindo nos modelos com motorização verde.

Apresentado pela primeira vez no começo de 2021 ainda como protótipo na China, o BZ4X começa a chegar nos Estados Unidos ainda este mês, na Europa em dezembro e até maio de 2022 nos demais países como Japão e China.

Nissan Ariya

Com vendas já iniciadas nos Estados Unidos e com expectativa de chegar ao mercado brasileiro, o Nissan Ariya aparece no evento da Califórnia. O SUV elétrico possui quatro versões de acabamento com um único motor localizado na dianteira. Com 217 cavalos de potência e 30,5 kgfm de torque, a bateria possui 87 kWh e todo o conjunto alcança uma autonomia de até 482 km.

Range Rover

Depois do lançamento oficial, a nova geração do Range Rover faz sua primeira aparição durante o Salão do Automóvel de Los Angeles. O SUV recebeu uma atualização em referência aos seus 50 anos e por isso a montadora não economizou nos itens luxuosos, além de modernidade e novas motorizações. A princípio, o modelo chegará na versão especial First Edition, baseada na edição Autobiography com pintura SV Bespoke e acabamento Sunset Gold Satin, e uma autonomia de 100 km sem gasolina, como esse modelo do salão.

Kia Sportage

Depois da versão a combustão, a Kia levou para L.A o novo Sportage híbrido. O modelo, com novo design, foi confirmado para o mercado nacional na metade do próximo ano e possui uma autonomia de causar inveja na faixa dos 805 quilômetros na mistura das forças.

A opção a combustão no híbrido é um 1.6 turbo de quatro cilindros, associado a um propulsor elétrico de 44 kW abastecido por um conjunto de baterias de 1.5 kWh. Juntando os dois motores, a potência sobe fica em 226 cavalos. Segundo a montadora, o consumo do veículo é de 16,5 km/litro.

Corvette Z06

No estande da Chevrolet, um modelo que rouba a cena é o esportivo Corvette Z06 2023 (isso mesmo). O esportivo ganhou design mais forte com um motor 5.5 V8 aspirado de 680 cv e 623 Nm de torque. Ele estará disponível no mercado norte-americano apenas no próximo ano.

Jeep Grand Cherokee 4xe

Disponível nos Estados Unidos e em breve no Brasil, o novo Grand Cherokee 4xe eletrificado é outra novidade em Los Angeles. A motorização híbrida plug-in conta com 375 cavalos de potência e 637 Nm de torque. Com uma autonomia estimada em 40 km no modo elétrico, o consumo é de até 24,2 km/l com uma autonomia combinada de 708 km.

Subaru Solterra

Primeiro SUV totalmente elétrico da Subaru, o Solterra é um dos modelos que que está programado para chegar ao mercado global apenas no próximo ano, a novidade mira, principalmente, no ID.4 da Volkswagen. O projeto foi desenvolvido em conjunto com o Toyota bZ4X.

Kia EV6

A Kia também exibe um ganhador do Guinness World Records, o EV6 que é responsável por conseguir a façanha por percorrer 2.821 milhas (mais de 4,5 mil km) com uma única carga feita em 6 horas, 3 minutos e 39 segundos. O elétrico chega às concessionárias norte-americanas no começo do próximo ano e é o primeiro a ser lançado através da estratégias Kia’s Plan S, que coloca a eletrificação como principal investimento da marca para o futuro.

EdisonFuture EF1-T

A empresa EdisonFuture levou o futuro elétrico para Los Angeles. Um dos destaques é a picape conceito EF1-T que possui uma recarga através de painéis solares. A fabricante diz que o veículo foi pensado para trabalho, viagens, família ou uso pessoal em diversas condições de estrada e ambiente, desde o uso urbano até no off-road. Para obter mais captação solar, um painel integrado como um grande spoiler pode ser puxado por cima da caçamba.

Publicidade

Artigos Recentes

Publicidade