Renault Oroch: a missão é mostrar o que ela tem por dentro

Sem essa de achar a Renault Oroch uma diva das picapes. O modelo da Renault não é mas entrega uma mecânica absurda de boa, dirigibilidade e relação custo-benefício. Utilitário parte de R$ 105,3 mil mas a melhor versão fica perto dos R$ 140 mil. Na verdade, R$ 137,1 mil.

LEIA MAIS

+ RENAULT DÁ FÉRIAS COLETIVAS E SUSPENDE PRODUÇÃO NO BRASIL POR FALTA DE PEÇAS

A Renault fez uma apresentação quase exclusiva, antes do lançamento, para mostrar tudo da nova Oroch, que chega a linha 2023 com melhorias na motorização, mais potente e com maior torque. Além disso, a marca francesa apostou em mais equipamentos e tecnologia para a picape que revelamos na versão topo da gama, a Outsider.

Você pode levar em consideração a proposta de São José dos Pinhais, local da fábrica, no Paraná, para estacionar dentro de casa um veículo cabine dupla que se torna melhor comparado ao primo Duster. Para a linha 2023, a picape passa a ser comercializada em três novas versões: PRO, Intense (R$ 111,3 mil) e Ousider.

As duas primeiras trazem o motor 1.6 SCe e a nova transmissão manual de seis velocidades, a última
marcha é “lonnnga” o suficiente para permitir uma condução mais confortável na estrada. A terceira pegada é a top Outsider, que testei e estreia o motor turbo 1.3 TCe Flex, o mesmo adotado no Captur e Duster, com 170 cv e 27,5 kgfm de torque. Boa assinatura mecânica e melhor torque da categoria.

O fabricante que enfrenta como a maioria uma crise de componentes “explora” no press release o motor que traz tecnologias das pistas da Fórmula 1, como a injeção direta com 250 bar de pressão, turbocompressor com válvula wastegate eletrônica e duplo comando de válvulas variável com atuadores elétricos, que garantem uma combustão otimizada com mais performance e menos consumo de combustível.

A caixa de transmissão automática CVT XTronic dispõe de um software de gerenciamento que simula a troca de marchas no modo automático, sempre que o pedal do acelerador estiver solicitando a alta performance do motor. Também é possível a troca manual na alavanca de câmbio, simulando oito marchas.

No drive, o carro mostra que é eficiente nas ultrapassagens e em percursos de longos aclives e declives. Sinal de evolução mecânica, que já conheço no SUV Duster. A picape freia bem e responde em linha reta na hora do pé no break. A rodagem calça aro 16 de liga leve e diamantadas.

A Oroch Outsider 2023 traz um desempenho com aceleração de 0 a 100 km/h em 9,9 segundos e velocidade máxima de 189 km/h. De acordo com a montadora, com gasolina, o consumo na estrada é de 11 km/l e na cidade de 10,5 km/l. Com etanol é de 7,8 km/l no percurso rodoviário e 7,4 km/l no urbano.

O motor 1.6 SCe também recebeu “melhoras” diz a engenharia e passa a atender à nova fase das normas de emissões (LEV7) e promete ser bem melhor com a nova transmissão manual, de seis velocidades com ganhos na aceleração de 0 a 100 km/h, que passou de 12,5s para 11,8 s, bem como na velocidade máxima, que agora é de 169 km/h.

Dado relevante: a caçamba comporta 683 litros e traz 1.175 mm de largura e 1.350 mm de profundidade. Para ajudar no transporte de carga existem oito anéis de fixação (cada um suporta 50 kg), que podem ser rebatidos. A tampa da caçamba suporta até 80 kg. É pesada na hora de abrir e a a capacidade de carga total do veículo é de até 680 kg. A força de reboque é de 750 quilos.

Por dentro, o modelo chega completamente reformulado, com novo painel, melhor central comparado ao Duster, laterais de porta e acabamento de bancos, que reforçam o conforto, bem como novas tecnologias para conectividade e Easy Life, para ampliar o bem-estar a bordo.

O novo painel da Oroch 2023 tem uma mistura no cluster do Captur e concentra as mudanças no design mais horizontal, acabamento em aço escovado, bem como botões de comandos no centro, com fácil acesso. A versão Outsider traz mimos internos na cor Orange Corail, no painel e costuras dos bancos em couro faz alusão ao universo escapista dos consumidores. Essa é nova mas tudo bem. Falaram isso que nada soma na apresentação do veículo.

Na cabine, bom falar mais uma vez do quadro de instrumentos traz novo design, com velocímetro digital ao centro, enquanto o volante também novo, mostra detalhes em aço escovado e botões retroiluminados.

As versões Intense e Outsider trazem a nova central multimídia de 8” flutuante EasyLink, com conectividade sem fio para smartphones por meio do Android Auto e Apple CarPlay. Tem a opção do cabo que some da lateral da tela. Viva Renault!

A Oroch 2023 é equipada com controle de estabilidade (ESP), controle de tração (TCS) e tecnologias que permitem retomada segura do veículo em situações de baixa aderência ou de perda de controle direcional, atuando individualmente nos freios de cada roda, bem como na aceleração.

Tem também o Assistente de Partida em Rampas (HSA), que retém o veículo na posição em pisos inclinados por dois segundos, até o motorista acelerar, permitindo ao condutor uma partida segura, mesmo em condição de carga máxima. Outra tecnologia inédita no modelo é o Anti-Capotamento (RMI), que detecta uma condição de inclinação excessiva da carroceria e atua em conjunto com o ESP e o TCS para evitar o tombamento.

Confira versões e preços:

PRO:
Preço: R$ 105.800,00
Principais equipamentos: ar-condicionado, direção eletro-hidráulica com regulagem de altura, travas e vidros dianteiros elétricos. Protetor de caçamba, pneus verdes de uso misto e alarme. Airbag duplo, freios ABS com BAS, Controle de Estabilidade (ESP), Controle de Tração (TCS), Sistema Anti-capotamento (RMI) e Assistente de Partida em Rampas (HSA).

Intense:
Preço: R$ 111.300,00
Principais equipamentos: Todos da versão PRO, mais roda de liga leve de 16”, EasyLink de 8” com conexão sem fios, vidros e retrovisores elétricos, computador de bordo, sensor de ré, faróis de neblina, barras de teto funcionais, apoio de braço para o motorista, retrovisores e maçanetas em preto brilhante e para-choque na cor da carroceria.

Outsider:
Preço: R$ 137.100,00
Principais equipamentos: Todos da versão Intense, mais ar-condicionado automático e digital, sensor crepuscular e de chuva, grade frontal com detalhes cromados, alargadores de para-lama, santantônio, capota marítima, câmera de ré, faróis de milha auxiliares, grade do vidro traseiro, bancos com revestimento premium, roda diamantada biton e motor turbo 1.3 TCe Flex, com transmissão CVT XTRONIC® de oito velocidades.

Publicidade

Artigos Recentes

Publicidade
Publicidade