Que tal um superesportivo de 20 milhões de euros?

Para quem gosta de carros, visitar um salão do automóvel é uma oportunidade única de se deparar com veículos que dificilmente você verá nas ruas brasileiras ou na sua garagem. Em Genebra, Jorge Moraes ficou de frente com um dos carros de produção atual mais caro do mundo. Trata-se da versão HP Barchetta do Pagani Zonda, que é avaliado em nada menos que 20 milhões de euros – o equivalente a aproximadamente R$ 80 milhões.

Além da exclusividade de um carro com pouquíssimas unidades produzidas e acabamento no melhor sentido do luxo, a esportividade é garantida pelo motor Mercedes AMG 7.2 V12 aspirado com potência de 600 cv de potência e brutais 77,5 kgfm de torque.

Publicidade

Artigos Recentes

Publicidade
Publicidade