Publicidade

Porsche, em alta no Brasil, apresenta os 911 GT3 e 718 Cayman GT4

Mogi Guaçu (SP) – Manhã de sol esportiva com a pista quase livre para acelerar as duas novidades da Porsche, os novos 911 GT3 e 718 Cayman GT4. Ah, eu queria estar em Nürburgring mas não deu e por lá ver de perto os pilotos baixarem a marca dos sete minutos com essa fera aspirada, o GT3 992. Mas sem fugir do tema, como não se convencer da eficiência da engenharia alemã que ampliou o prazer de dirigir esses dois semi pista. Carros consagrados dentro do autódromo e fora dele. Um privilégio participar do World Road Show 2021, realizado em Velocittà, perto de Campinas, SP, um belo circuito que estou acostumado a andar, pilotar.

LEIA MAIS

+ Porsche Cayenne chega na versão Turbo GT por mais de R$ 1 milhão

O evento dura ao todo duas semanas e atrai o público-alvo de gente capaz de desembolsar R$ 705 mil para o GT4 e R$ 1.149 milhão no GT3. Detalhe: sem prazo de entrega, sem garantia de preço para a próxima remessa, sem previsão de nada. Resposta direta de quem vende. Ou seja, quem andar agora poderá nunca mais dirigir de novo, ou quem sabe, esperar muito, pagar bem mais porque vai customizar ou ter a sorte de ser contemplado no pedido e na fila de espera. As atrações do World Road Show incluem um passeio por toda gama que também destaca o 100% elétrico Taycan.

A sétima geração do 911 GT3 foi desenvolvida junto com a Porsche Motorsport e recebeu tecnologia das pistas, o carro mais leve é arisco e de suspensão ativa (de série) recalibrada se torna um baita esportivo de passeio no modo “suave, devagar”. Você pode optar pelo Sport ou Track e dar o seu show.

De acordo com a marca, o esportivo foi desenvolvido em três características principais, com uma nova suspensão dianteira composta por braços transversais duplos e aerodinâmica sofisticada, com difusor e asa traseira e de pescoço de cisne originado no GT 911 RSR. O GT3 inspira e saiba que são 25% a mais de Downforce. Com as mãos ao volante e acelerando pra valer você é quase o Super Man, dominado, claro.

Debaixo do capô está o motor aspirado de seis cilindros, 4.0 litros, de 510 cv a 9 mil rpm baseado no 911 GT R, experimentado e testado em corridas de endurance. O propulsor também é usado, praticamente sem alterações, no 911 GT3 Cup. A caixa PDK de sete velocidades dispensa apresentações.

Os dados da fábrica assinam a velocidade máxima de 318 km/h com uma aceleração de 0 a 100 km/h em apenas 3,4 segundos. Vai parar? É firmeza com frenagem de cerâmica e carbono, elemento presente em uma dezena de detalhes dentro e fora da cabine, como no teto e bancos ainda mais esportivos de ajuste elétrico na altura e manual na profundidade.

Viu mais pelo visual? A tela central digital e customizada do seu jeito no modo Track (com os dados necessários para condução brava), alavanca de marcha personalizada, cinto na cor da carroceria, esse azul é de chorar e mais aro 21 na traseira, pneus mais largos e 20 polegadas na dianteira.

718 GT4

Já o novo 718 Cayman GT4 vem equipado com o recém-desenvolvido motor aspirado de seis cilindros, também 4.0, associado a uma transmissão PDK de sete velocidades. O motor boxer central entrega 420 cv e 42 quilos de torque em até 8 mil rpm, 35 cv a mais comparado aos modelos GT4 anteriores.

A Porsche fala de 304 km/h e uma aceleração de 0 a 100 km/h em apenas 4,4 segundos. Na pista era impossível chegar aos números graças as limitações da organização. Um carro que o motor é coadjuvante da direção inspira seu lado esporte.

Dispense qualquer sinal de música e se concentre na pegada esportiva desse icônico veículo que também te oferta um modelo de condução mais arrojado. O GT4 gera 50% a mais de força vertical e sua asa parada vai além do charme e da característica do produto. Vai pedir? Customize.

Entre os itens tecnológicos disponíveis está o controle adaptativo dos cilindros: em operação sob carga parcial, ele interrompe temporariamente o processo de injeção numa das bancadas de cilindros, reduzindo assim o consumo de combustível.

Publicidade

Artigos Recentes

Publicidade