Lançamentos Mercado

Porsche apresenta o novo 911 Turbo S para qualquer situação

A Porsche apresentou a nova geração do esportivo 911 Turbo S. Entre as novidades para o veículo está a Porsche Active Aerodynamics (PAA), que adapta as características aerodinâmicas do veículo à situação de uso, velocidade e modo de condução selecionado com ainda mais precisão.

LEIA MAIS

+ Porsche suspende produção na Alemanha por conta do coronavírus

A PAA estreou mundialmente na geração anterior do 911 Turbo, lançada em 2014. Todas as linhas de modelo desde o 718 até o Panamera eo Taycan agora trazem elementos aerodinâmicos ativos.

“A ampla expansão do sistema inteligente no Porsche 911 Turbo S possibilita alcançar uma amplitude muito maior entre as configurações aerodinâmicas que visam o maior dinamismo de condução e o mínimo de arrasto. Mais ainda, cria um potencial ainda maior para que os componentes aerodinâmicos contribuam para demandas específicas de dirigibilidade em cada situação de pilotagem”, explica o Dr. Thomas Wiengand, chefe de desenvolvimento aerodinâmico da Porsche.

Os flaps de resfriamento ativos são novos. Juntamente com a lâmina defletora dianteira móvel, assim como a asa traseira extensível e inclinável, o novo modelo topo de linha apresenta assim três componentes aerodinâmicas ativos. Isso permite agora a introdução de uma configuração Eco, juntamente com as configurações aerodinâmicas básicas do 911 Turbo, mais especificamente a PAA Speed e a PAA Performance.

A Aerodinâmica Ativa também foi ampliada para permitir a inclusão de uma função Wet Mode (Modo Molhado), que desloca o equilíbrio aerodinâmico para o eixo traseiro para maior estabilidade em condições de piso molhado, assim como a função de freio aerodinâmico.

A função também é usada para adaptação do fluxo de ar ao redor do veículo quando o teto deslizante ou a capota conversível estão abertos. Isto quer dizer que há um total de oito diferentes configurações aerodinâmicas, criadas a partir de uma combinação específica dos componentes aerodinâmicos ativos.

O defletor aerodinâmico dianteiro e a asa traseira com novos designs aumentaram a força vertical em 15 por cento para garantir melhor estabilidade de condução e mais dinamismo em velocidades mais altas. A força vertical máxima na opção Performance (com o modo Sport Plus ativado) fica em torno de 170 kg.

O coeficiente de arrasto (cd) do 911 Turbo S varia de acordo com o acerto aerodinâmico. A configuração mais eficiente, com o valor mínimo do cd igual a 0,33, é alcançado com os flaps fechados e os defletores dianteiro e traseiro recolhidos.

SBD Gasolina Dura mais 1

ME CONHEÇA MAIS

300×250 NEO Blindados
RET Gasolina Dura mais

Assine nossa newsletter

Fique atualizado sobre tudo que acontece no mundo automotivo!