Publicidade

Pablo Di Si é o novo chairman da Volkswagen para a América Latina

Publicidade

A Volkswagen criou, recentemente, o cargo de Chairman (presidente) Executivo da Região América Latina. E quem ocupa a posição a partir de 1º de janeiro de 2022 é o executivo Pablo Di Si. A função abrange operações em 29 países, incluindo Brasil, Argentina e países da América do Sul e Central.

LEIA MAIS

+ VOLKSWAGEN APRESENTA OS NOVOS ELÉTRICOS ID.5 E ID.5 GTX

Pablo deixa o cargo de presidente e CEO das operações da Volkswagen na América Latina. No Brasil, as operações da marca passam a ser comandadas por Ciro Possobom, que assume a responsabilidade como COO Brasil, acumulando também a função atual de vice-presidente de finanças e estratégias de TI para a montadora na América do Sul.

Na Argentina, Thomas Owsianski permanece como presidente e CEO, além de ocupar o cargo de vice-presidente de vendas e marketing para a região da América do Sul.

Pablo Di Si foi responsável por investimentos importantes na marca. Nos últimos 4 anos, a Volkswagen promoveu a maior ofensiva de novos produtos de sua história adaptados às necessidades da região, lançando o Novo Polo, Virtus, T‑Cross, Nivus e Taos, entre outros.

Pablo foi ainda responsável pela reestruturação da organização com foco em uma transformação cultural, criando novos modelos de negócios e acelerando a digitalização. Em sua gestão, a Volkswagen tornou-se líder no segmento de utilitários esportivos compactos no Brasil e a marca manteve a posição de maior produtora e exportadora de veículos leves do país.

Pablo anunciou recentemente investimentos de R$ 7 bilhões na região América Latina nos próximos cinco anos. Ele também é responsável pelo estabelecimento do Centro de P&D para Biocombustíveis, com sede no Brasil, para desenvolver uma tecnologia complementar à ofensiva de eletrificação global da Volkswagen.

Publicidade

Artigos Recentes

Publicidade