O carro ideal para a mulher é aquele que ela quiser

Foi-se o tempo em que categorizavam o carro de mulher como o mais alto ou com o maior porta-malas para poder levar os pertences da família. Ou simplesmente o menos rodado. Agora, o carro para a mulher é aquele que ela escolher e atender às suas demandas.

LEIA MAIS

+ HONDA ANUNCIA A PRÉ-VENDA DO CITY HATCHBACK A PARTIR DE R$ 114.200

Os SUVs podem ser considerados os modelos mais indicados para a mulherada, por conta da sua altura em relação ao solo e por conta do espaço interno, que disponibilizam mais conforto para os ocupantes. Além de ser o segmento que mais cresce em procura pelo brasileiros.

Na contramão da preferência, a enfermeira fiscal do Coren-PE e terapeuta integrativa, Fernanda Cerqueira, trocou um veículo do segmento mais alto (SUV) por um sedã e ela optou pelo. “Um dos principais fatores que me fez mudar a preferência foi o consumo alto de combustível do meu veículo anterior, além de outras questões como o tamanho do porta-malas para o que eu preciso no momento”, destacou.

A escolha pelo modelo da japonesa já teve um fato extra que contribuiu para a decisão. “Já tive um City, então tinha uma referência. Fiz um test drive e conheci os novos recursos como a câmera de ponto cego e a parte multimídia digital. A dirigibilidade também me encantou, o volante é mais leve o que torna as manobras mais fáceis”, apontou Fernanda.

Os detalhes chamaram a atenção não só da enfermeira, como também da família. “Minha filha adorou o conforto, além de ter um encosto de braço no banco de trás com porta-copos. São alguns detalhes que facilitam no dia a dia como o silêncio do carro”. acrescentou.

A questão da altura também foi levada em conta “Apesar do SUV ser mais alto, pensei mais no conforto da direção. Como tenho epicondilite (inflamação no tendão do cotovelo), achei a direção do City perfeita”.

E pensando nas homenageadas do mês, existem algumas facilidades que podem atrair os olhares das mulheres. “Questões simples podem chamar a atenção, como a chave presencial. Atestei isto recentemente, quando tinha acabado de fazer as unhas e não precisei procurar a chave do carro na bolsa e estragar o trabalho feito”, finalizou Fernanda que comprou o carro na Recife Honda.

Publicidade

Artigos Recentes

Publicidade
Publicidade