Nova Hilux V6 chega com motor a gasolina de 234 cv de potência

Buenos Aires –A Toyota apresentou nesta segunda-feira (11) a nova Hilux GR-S com motor de seis cilindros (V6) mais potente que a rival Amarok, até então a única V6 no mercado nacional. A picape da Toyota produzida na Argentina tem 234 cv de potência contra 225 cv da rival alemã. Entretanto, a Hilux é abastecida com gasolina, enquanto a Amarok bebe diesel.

LEIA MAIS

+ Toyota Raize no Japão adianta como será novo SUV da marca no Brasil

Além da nova motorização mais potente que desenvolve até 38,3 kgfm de torque aliada à um câmbio automático de seis velocidades, a nova Hilux GR-S também recebeu mudanças na suspensão, que foi reforçada para suportar situações mais extremas, como um off-road pesado ou um rali. Para isso a marca apostou em um novo conjunto de molas e uma configuração específica dos amortecedores monotubo.

O resultado é uma resposta mais direta e controlada do volante em condições de alta velocidade, tanto na estrada quanto fora dela, sem afetar a capacidade de carga.

Há também mudanças sutis no visual da picape, com adesivos alusivos à Toyota Gazzo Racing, o braço esportivo da montadora alemã que se destaca também em competições off-road. Os detalhes laterais do estilo TGR estão concentrados na área inferior das portas, deixando mais superfície livre nas laterais e porta traseira. Assim como a versão apresentada em 2018, o esquema de cores é ajustado de acordo com a carroceria, assim como os ornamentos das luzes de neblina.

A vista lateral é completada com as molas helicoidais e os amortecedores traseiros monotubo pintados na cor vermelha, enquanto as maçanetas das portas e espelhos em preto metálico.

Na parte interna, a marca disponibilizou uma câmera frontal no para-brisa, para gravar estilo de ação ao vivo em qualidade FullHD ou para ser usado como um meio de segurança e registro, pois permite que seja configurado para gravar continuamente e ser ativado em caso de colisão.

Entre os itens de segurança de série da nova picape estão controle de assistência de arranque em subida, controle de tração ativo, trava do diferencial traseiro, dois modos de condução, além de freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem, assistente de frenagem de emergência, controle de estabilidade e de balanceamento de reboque, assistente de subida, luzes de parada de emergência, faróis de neblina dianteiros e luz de neblina traseira.

Para garantira segurança ativa dos passageiros, a Toyota ainda incrementou a nova Hilux com sete airbags, cintos de segurança de três pontos e apoios de cabeça para os cinco ocupantes, pré-tensor e limitador de forçar para os cintos de segurança dianteiros, indicador de cinto de segurança e alarme para todos os assentos, fixações Isofix e fixação com suportes para correia superior.

A Toyota não divulgou o preço da nova Hilux V6, que chega ao Brasil no início de 2020, mas sabemos que ela seguirá posicionada como topo de linha da gama da picape no país. Hoje, a Hilux GR-S com motor turbodiesel, custa R$ 214.990. Já a Amarok V6 parte de R$ 195.990.

Publicidade

Artigos Recentes

Publicidade
Publicidade