Vídeos

Nova geração do Renault Captur é apresentada na Europa

SBD Geral Audi

O Captur foi lançado pela Renault em 2013 na Europa e rapidamente assumiu a liderança entre SUVs no Velho Continente, com mais de 1,2 milhão de unidades vendidas. No Brasil, o modelo é construído sobre a plataforma do Duster, não tendo, portanto, o mesmo padrão da versão europeia. A montadora francesa apresenta agora a nova geração do Captur, que cresceu 11 cm no comprimento e teve a capacidade do porta-malas aumentada em 81 litros. Além disso, o modelo ganhou um estilo renovado e mais tecnologia a bordo. Uma pena que não há precisão dessa mudança chegar ao Brasil.

Como na Europa o Caputr usa a mesma (e moderna) plataforma do novo Clio, o SUV também vai passar pelo processo de eletrificação, iniciando com uma versão híbrida em 2020, além de introdução de sistemas de condução autônoma.

LEIA MAIS

+ Novo Renault Sandero aparece em imagens vazadas dias antes do lançamento

+ Renault apresenta o novo Zoe, elétrico que agora tem 390 km de autonomia

O interior do novo Captur passou por uma revolução (ainda mais se comparada com a versão brasileira). A Renault criou um ambiente moderno e com nível de acabamento de carro premium. Console central, painel e bancos: tudo é novo. Destaque também para a nova central multimídia no estilo de tela flutuante de 9,3 polegadas – a maior do segmento.

O exterior também ganhou a atenção dos engenheiros franceses. A grande frontal ficou maior e os faróis e lanternas (em LED) adotaram a nova identidade da marca com o desenho em “C”.

Por lá, o Captur segue com duas opções de motores gasolina (100 cv) e diesel ( 95 cv ou 155 cv), com cambio manual de seis marchas ou automática de sete velocidades. No próximo ano será lançada uma versão híbrida chamada “E-Tech Plug”, que terá autonomia de 45 km no modo 100% elétrico.

SBD A3

Baixe meu E-book

Inscreva-se para receber seu e-book gratuitamente

Acompanhe nosso canal

300×250 NEO Blindados
RET Autoparvi Corolla
RET Q3
RET Geral Audi
RET A3