Nova geração do Duster tem motor híbrido e tração 4X4

O Dacia Duster chegou na terceira geração e ficou com aspecto mais robusto que a geração anterior. O modelo pode adiantar a próxima geração do Renault Duster, mas que só deve chegar por aqui em 2025.

No visual externo, tudo é novo. Os faróis estão mais afilados e o para-choque frontal tem novo desenho. As portas tem novas maçanetas e novas rodas. De forma geral, as linhas do Duster ficaram mais “quadradas”.

Na traseira também é tudo diferente. Novas lanternas, novo aerofólio e nova tampa de mala. O visual ficou com um aspecto mais off-road e mais robusto.

No interior, o modelo tem painel digital de 7 polegadas e display de 10,1″. A nova geração do Duster é construída sobre a plataforma a plataforma CMF-B, a mesma do Renault Kardian, lançado a poucas semanas.

A plataforma CMF-B também embarcou na nova geração do Duster na sua jornada rumo à eletrificação, uma vez que pode acomodar grupos motopropulsores que utilizam tecnologias híbridas moderadas e totalmente híbridas.

A versão mais potente do Duster é o Hybrid 140, que possui um sistema híbrido autocarregável que produz 140 cv combinados. O trem de força eletrificado é compartilhado com o Jogger e compreende um motor de quatro cilindros de 1,6 litro aspirado e uma bateria de 1,2 kWh.

LEIA MAIS
+ BorgWarner amplia produção de componentes no Brasil

“A nova plataforma CMF-B é um trunfo fundamental para desenvolver a gama Dacia hoje e amanhã. -motores eletrificados de alta eficiência, melhoram significativamente o desempenho em todos os aspectos e mantêm o apelo e a acessibilidade que o tornaram um sucesso”, diz o vice-presidente de Desempenho de Produto da Dacia, Patrice Lévy Bencheton.

O novo Duster está disponível com transmissão 4×4 Terrain Control, que inclui cinco configurações de direção:

Auto: a transmissão distribui automaticamente a potência entre os eixos dianteiro e traseiro de acordo com a aderência das rodas e a velocidade

Neve: otimiza a trajetória em estradas escorregadias com configurações específicas de ESC e antiderrapagem

Lama/Areia: para terrenos instáveis

Off-Road: desempenho superior em terrenos difíceis. Muito semelhante ao atual modo 4×4 Lock do Duster, mas com a vantagem adicional de distribuir o torque de forma automática e otimizada às rodas dianteiras e traseiras de acordo com a aderência e a velocidade

Eco: otimiza o consumo de combustível regulando o ar condicionado e o desempenho do veículo. Otimiza ao máximo a distribuição do binário entre os eixos dianteiro e traseiro para limitar o consumo de combustível e, ao mesmo tempo, adaptar-se à aderência da estrada

Artigos Recentes