Publicidade

Nível de segurança premium no Volkswagen Virtus

Quando se fala em tecnologia automotiva, muita gente logo se lembra de equipamentos que estão no cockpit do carro, como uma grande tela multimídia sensível ao toque ou painel 100% digital. Isso é o que está aos olhos dos consumidores, mas as montadoras investem na tecnologia que nós não queremos ver nem ter que testar. São os equipamentos de segurança de última geração, que têm evoluído muito nos últimos anos, e já podem ser encontrados no país em modelos como o Volkswagen Virtus.

Para começar, o novo sedã compacto da Volks tem freios a disco nas quatro rodas como item de série nas versões TSI. Freios a disco colaboram para melhor performance e proporcionam maior resistência ao chamado “fading”, a perda de eficiência por aquecimento (numa descida de serra, por exemplo). Todas as versões do Virtus são equipadas com M-ABS, que inclui o sistema de freios antitravamento ABS e outros recursos de segurança, como o EBD (distribuição eletrônica das forças de frenagem), que distribui eletronicamente as forças de frenagem entre os eixos traseiro e dianteiro, garantindo a estabilidade e a segurança.

Também está incluído o controle de tração, que tem a função de reduzir o escorregamento das rodas durante a aceleração ou quando o veículo começa a destracionar, em curvas acentuadas, controlando eletronicamente o torque do motor.

Ainda nas versões TSI, o Virtus é equipado de série com ESC – Controle Eletrônico de Estabilidade. Esse sistema reconhece um estágio inicial de que uma situação de rodagem crítica está para acontecer. Compara os comandos do motorista com as reações do veículo a esse comando. Se necessário, o sistema reduz o torque do motor e freia uma ou várias rodas até atingir a condição de estabilidade.

Disponível como opcional para o modelo MSI, o ESC engloba vários outros recursos eletrônicos de assistência: HHC (Hill Hold Control) ou controle de assistência de partida em rampa, HBA (Hydraulic Brake Assist system) ou BAS, XDS+ ou bloqueio eletrônico do diferencial, BSW (Bremsscheibewischer – Limpeza Automática dos Discos de Freio), RKA+ (Monitoramento da pressão dos pneus), entre outros.

Inovação na frenagem

O desenho mais abaixo mostra o o sistema de frenagem impedindo que o carro invada a outra faixa

Vale destacar também o Sistema de Frenagem Automática Pós-Colisão, um item exclusivo do Virtus no segmento, que aciona automaticamente os freios do veículo quando ele se envolve em uma batida, para reduzir a energia cinética residual. O acionamento do Sistema de Frenagem Pós-Colisão se baseia na detecção da colisão inicial pelos sensores dos airbags.

Detector de fadiga

Também está entre os recursos de segurança o detector de fadiga, que analisa a forma como o motorista dirige e compara com os 15 primeiros minutos de direção. Caso detecte um desvio no comportamento ao volante, o equipamento emite um alerta, sugerindo uma parada para descansar e tomar um café.

O Virtus é equipado de série, em todas as versões, com quatro airbags – dois dianteiros e dois laterais. De grandes dimensões, as bolsas laterais protegem para cabeça e tórax e restringem o movimento do corpo durante um impacto, elevando significativamente a segurança dos ocupantes. O sedã Volkswagen é equipado de série com sistemas ISOFIX® e top-tether para fixação de dispositivos de retenção infantis (cadeirinhas).

Nota máxima no Latin NCAP

Avaliado pelo Latin NCAP, o Virtus produzido no Brasil obteve cinco estrelas para a proteção do ocupante Adulto e cinco estrelas para a proteção do ocupante Infantil. Como o Virtus e o Polo são idênticos da frente até o pilar B, o impacto frontal e o lateral de poste dos testes feitos no Polo, bem como seus resultados, são levados em conta para a avaliação da proteção de adultos do Virtus. Como o Virtus tem uma distância entre eixos maior que a do Polo, foi realizado o teste de impacto lateral no Virtus, apresentando o mesmo nível de proteção nesse impacto que o do Polo.

Os airbags laterais de cabeça-tórax, de equipamento padrão, mostraram um rendimento robusto em ambos os cenários de impacto lateral. O ESC cumpre com as condições regulamentares do Latin NCAP, tendo sido aprovado quanto aos critérios de rendimento requeridos no teste. Para a segurança das crianças, o Virtus é aprovado sob os requisitos de i-size, oferecendo ancoragens ISOFIX, interruptor de desativação dos airbags e cintos de três pontos para todos os passageiros de maneira padrão, permitindo alcançar a melhor qualificação de estrelas possível em proteção infantil. 

Publicidade

Artigos Recentes

Publicidade