Publicidade

Limpeza do carro antes do teste drive é fundamental contra a Covid-19

Um alerta para quem está se dirigindo a uma concessionária e precisa ficar atento aos pontos de higienização e sanitização dos veículos, principalmente antes do teste drive.

LEIA MAIS

+ Deixe o coronavírus fora do seu carro. Veja como fazer a limpeza em casa

É importante ressaltar que os produtos utilizados para a limpeza dos veículos devem ser específicos. Então, nada de passar o mesmo álcool em gel das mãos, no volante, por exemplo. Para as maiores partes do interior do automóvel, o ideal é utilizar o peróxido de hidrogênio, mas já existem produtos específicos para esse tipo de higienização. E deve ser feito a cada entrada e saída do cliente ou sua família.

Quem deseja esse mesmo tipo de limpeza do carro próprio, pode ir até um lava-jato de confiança. “O produto que nós utilizamos nas superfícies fixas é a base de peróxido de hidrogênio e quaternário de amônio de 5ª geração, sendo o mais apropriado e recomendado pelo Ministério da Saúde e OMS. Ele limpa e desinfecta ao mesmo tempo, criando uma película que funciona como uma barreira fatal ao coronavírus e dura cerca de 14 dias”, destaca o proprietário da Autobox, o engenheiro químico José Antônio Amaral.

É comum o que vem acontecendo em boa parte das revendas autorizadas, um comprador realizar o teste drive no mesmo veículo em que acabou de servir de avaliação para outro teste, com outro cliente.

Essa conduta poderá ser um vetor do vírus, que, infelizmente, continua em alta no Brasil, apesar da vacinação está no ritmo diferente do que esperávamos.

Por isso, toda a equipe do Jorge Moraes faz o alerta, sobre a importância da limpeza e higienização da cabine dos veículos a cada teste drive realizado, em cada carro. E, para além disso, um cuidado redobrado com os veículos que estão em exposição no showroom.

É importante destacar o cuidado que todas as revendas e pontos comerciais de forma geral estão tendo com relação a entrada dos clientes.

Sempre com máscara e aplicação de álcool gel logo na porta. Mas, o cuidado não pode ser apenas nesse sentido e deve englobar todo o espaço de circulação de clientes e funcionários.

Publicidade

Artigos Recentes

Publicidade