Land Rover apresenta o renovado Discovery Sport que será produzido no país

O SUV de entrada da Land Rover, o Discovery Sport está de cara nova na Europa. O modelo, que por aqui é produzido na planta de Itatiaia (RJ), agregou os novos elementos da atual identidade visual da montadora inglesa, como já vimos no Velar e no Evoque. A atualização mostrada no Velho Continente não tem data definida para chegar ao Brasil, mas deve ocorrer entre o final deste ano e início de 2020.

Com novos recursos e a mais tecnologia, o novo Discovery Sport oferece um espaço interior superior e requinte, enquanto o interior para sete passageiros apresenta uma nova interface de entretenimento com conectividade, além de uma disposição de assentos mais flexível com até 24 combinações para maior versatilidade.

LEIA MAIS

+ Land Rover Discovery ganha versão especial para celebrar seus 30 anos

+ Segunda geração do Range Rover Evoque é lançada com estilo do Velar

A nova plataforma Premium Transverse Architecture (PTA) da Land Rover (mesma do novo Evoque) acomoda novos e eficientes motores eletrificados, incluindo um “híbrido leve” de 48 volts desde o lançamento, para ajudar a reduzir as emissões e o consumo de combustível. A nova carroceria é 13% mais rígida do que a versão atual, com subtramas montadas rigidamente que reduzem a interferência de ruído e vibração na cabine, melhorando o conforto e proporcionando máxima segurança em caso de colisão.

No design, a linha de cintura ascendente e o teto cônico permanecem, mas o novo modelo é uma evolução exterior arrojada. As proporções foram otimizadas para projetar um visual mais marcante com novos faróis e lanternas de LED, além de uma nova grade dianteira e para-choques.

No interior, a chegada do sistema digital de informação e entretenimento Touch Pro e a introdução de mais materiais premium transformam a cabina para criar um espaço prático e de alta qualidade, segundo a Land Rover. Os novos assentos em cada uma das três filas oferecem maior versatilidade, graças à segunda fileira de 40:20:40 e funcionalidade de deslizamento, aumentando o número possível de combinações de assentos para 24 e cobrindo todas as eventualidades – seja a ida para a escola ou umas férias em família.

O novo Discovery Sport está disponível nas versões S, SE e HSE, além da variante R-Dynamic, que possui rodas de liga leve escurecidas e para-choques dianteiro e traseiro exclusivos. Tem ainda a opção da chave de atividade da Land Rover, uma pulseira impermeável que permite aos clientes bloquear e desbloquear o veículo sem usar a tradicional chave.

A nova plataforma permite a introdução de um novo powertrain híbrido leve de 48 volts (MHEV) no Discovery Sport. Lançado pela primeira vez no novo Range Rover Evoque, o sistema usa um gerador de partida integrado ao motor para colher a energia normalmente perdida durante a desaceleração e armazená-lo em uma bateria sob o piso.

Em velocidades abaixo de 17 km/h, o motor será desligado quando o motorista aplicar os freios, antes de reimplementar a energia armazenada para auxiliar o motor em aceleração, a fim de reduzir o consumo de combustível.

O novo Discovery Sport será vendido com duas opções de motorização, mas várias opções de potência. O 2.0 turbodiesel tem variantes de 150 cv a 2.800 rpm e 38,7 kgfm de torque; 180 cv a 4.000 rpm e 43,8 kgfm; ou 240 cv e 50,9 kgfm.

O segundo motor é o 2.0 Ingenium turbo de quatro cilindros a gasolina. Estará disponível em duas configurações: a primeira tem 200 cv a 5.500 rpm e 32,6 kgfm entre 1.500 e 3.000 rpm, enquanto o segundo gera 250 cv a 5.500 rpm e 37,2 kgfm entre 1.400 e 4.500 rpm. A transmissão é automática de 9 velocidades.

Publicidade

Artigos Recentes

Publicidade
Publicidade