Junho tem alta de 8% nas vendas de automóveis e comerciais leves

O número de automóveis e comerciais leves encerrou o mês de junho em alta. Com o programa de desconto patrocinado do governo federal, junho fechou alta de 8,02%, na comparação com maio.

Apesar de ter iniciado o mês com poucos emplacamentos, parece que na segunda quinzena as vendas dispararam. “Parte do volume vendido foi emplacado em junho, mas teremos a real dimensão do impacto da ação nas próximas semanas, devido ao intervalo entre a venda do veículo e seu emplacamento”, analisou o presidente da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), Andreta Jr.

Em junho, os emplacamentos atingiram a marca de 179.691 unidades, entre automóveis e comerciais leves. No primeiro semestre de 2023, isso representa uma alta de 9,76%, comparado com o mesmo período de 2022.

LEIA MAIS
+ BYD vai lançar Seagull no Brasil na faixa dos R$ 100 mil

O presidente da entidade ainda avalia que alguns entraves inviabilizaram que o sucesso da Medida Provisória aparecesse mais em junho. Segundo Andreta Jr., o prazo médio entre o fechamento da venda de um veículo e seu emplacamento costuma demorar cerca de 15 dias.

Soma-se a isso o fato de que, após a publicação da MP nº 1175, Concessionárias e Montadoras tiveram de realizar trâmites de ajustes de notas fiscais e alguns Departamentos Estaduais de Trânsito (Detrans) ainda enfrentaram problemas de lentidão em seus processos.

“Esse cenário fez com que o salto nos emplacamentos fosse observado apenas na última semana do mês, mas já foi suficiente para termos um resultado melhor que o de maio. Isso nos mostra que os primeiros dias de julho poderão ser positivos, pois devem refletir emplacamentos de vendas realizadas e não registradas em junho”, analisa.

Projeções
Com a atual volatilidade do cenário econômico e diante da possibilidade de elaboração de novas políticas públicas de fomento ao setor automotivo no País, a Fenabrave decidiu não rever, ainda, suas projeções para 2023, mantendo uma expectativa de crescimento de 3,3% nos emplacamentos para o ano, considerando todo o setor.

O crescimento, no entanto, é puxado pelo segmentos das motocicletas. Apesar da alta de 8% nas vendas no setor de automóveis e comerciais leves, em junho, para 2023 não é projetado crescimento, segundo análise da Fenabrave.

Veículos mais vendidos no primeiro semestre de 2023:

1. FIAT STRADA – 50.546
2. GM ONIX – 44.110
3. VW POLO – 37.772
4. GM ONIX PLUS – 35.726
5. HYUNDAI HB20 – 34.002
6. VW T CROSS – 32.035
7. FIAT ARGO – 31.920
8. FIAT MOBI – 30.442
9. JEEP COMPASS – 30.350
10. HYUNDAI CRETA – 29.948

Artigos Recentes