Publicidade

GWM quer ser a Tesla do Brasil e Haval H6 terá preço de Corolla Cross híbrido

Publicidade

É uma questão de tempo. A Great Wall Motors (GWM) anunciou, nesta quarta-feira (23), no lançamento da sua marca, que vendeu 1,2 milhão de veículos no ano passado. Com isso, a montadora se tornou uma das marcas mais valiosas do setor.

Presente em 60 países e, com 19 fábricas pelo mundo, a GWM, que terá uma futura fábrica em Iracemápolis (SP), pretende ser como a Tesla no Brasil. A fabricante, contudo, vai ter que mostrar isso muito bem ao público brasileiro.

Pelo modelo de negócio e seus dois primeiros produtos Oswaldo Ramos, CCO – líder comercial da GWM – está confiante na formatação do projeto e na espera por um retorno positivo por parte do consumidor.

O Haval H6 chega nas versões híbrida full e plug in, além de uma variante esportiva. O segundo SUV, que chegará até o final do próximo semestre, logo depois do H6, será um primo legítimo do carro de lançamento. Lembrando que serão 10 veículos dentro da GWM em três anos, destacou Alexandre Oliveira, head de vendas.

LEIA MAIS
+ ABARTH 500 EV É LANÇADO, MAS SEGUE SEM CONFIRMAÇÃO PARA O BRASIL

O Haval H6, com cinco anos de garantia, terá apenas SUVs on-road, a Tank contará com SUVs off-road de luxo e a Poer será especializada em picapes híbridas produzidas no Brasil em 2024 na planta que está sendo ampliada para 100 mil unidades por ano. O utilitário será do porte da Hilux.

A marca Haval é líder do segmento no mercado chinês e o H6 é o 7º SUV mais vendido no mundo. O veículo desenvolvido pela engenharia brasileira foi concebido para ser o melhor automóvel da família global, afirmam os executivos. A arquitetura do carro que dirigimos no Rio de Janeiro é definitiva e está praticamente pronto. A GWM estreia também uma nova logotipia menor, mais elegante estampada na carroceria.

O H6 tem 393 cavalos de potência, dado combinado entre o motor 1.5L turbo, a gasolina, que funciona como gerador, por enquanto, mais dois elétricos que geram autonomia limpa de 170 Km a partir da bateria de 34 KWh.

O chinês de cinco lugares terá como meta da concorrência, para o híbrido full, por exemplo, o H6 de entrada terá faixa de mercado do Compass S, Corolla Cross híbrido e Taos Highline. Todos em seus modelos completos. Ou seja, média de R$ 220 mil em valores atuais.

No desenvolvimento da engenharia, chineses e brasileiros fizeram uma espécie de Enem para entregar o resultado dos ajustes do produto. Luz ambiente, tecnologia Carplay e Android Auto sem fio são projetados na tela de 12,3 polegadas, auto reverse que memoriza os últimos 50 metros da sua chegada, ADAS de assistência ao condutor, modos de condução, que inclui a esportiva e ajuste de direção mais firme, direta, baixo nível de ruído e oferta de mais conforto com personalização de uma suspensão “mais brasileira” foram os temas mais discutidos.

Tem mais na parte tech. O comando de voz permitirá o controle de alguns comandos do veículo, como ar-condicionado, abertura das janelas e teto. A GWM acertou parceria com a operadora Claro para gerar internet, atualizar os módulos eletrônicos do automóvel assim como fazer o controle à distância com o app da marca. Vide o que faz a Stellantis na Jeep. No cluster de 9 polegadas a geração da leitura dos automóveis, motos e caminhões assim como leitores de placas que também podem ser projetados no head up display. O SUV destaca o monitoramento do ponto cego.

Estiloso, de porte aproximado do entre o Tiggo 7 e o Tiggo 8, o H6 tem faróis 100% LED e lanternas (a traseira de ligação contínua). Carro é bom de fotografia e filmagem. Tem astral por fora e por dentro destaco o painel e o volante funcional. O porta-malas tem bom espaço para 560 litros. O H6 de 4.683 metros e entreeixos de 2.738 m chega 100% importado e a pré-venda está prevista para março com início das vendas em abril. A suspensão é McPherson na dianteira e multilink na traseira.

André Leite, head da Haval, confirmou que o único opcional será o teto panorâmico. Pela cor, o cliente não pagará nada mais, esse negócio de cobrar pela pintura metálica é um abuso que deixa de existir por aqui.

Publicidade

Artigos Recentes

Publicidade