Publicidade

Ford anuncia a Ranger 2023 com novo design

A Ford apresentou a nova geração da picape Ranger, na versão 2023, que chegará ao mercado nacional. Com um novo desenho, ela ficou mais parecida com a F-150, que já se tornou uma das queridinhas do brasileiro.

LEIA MAIS

+ FORD TRANSIT CONTA COM A CONECTIVIDADE FORDPASS

De acordo com a montadora, a nova Ranger possui mais tecnologia inteligente e será comercializada em 180 países. Aqui no Brasil, o modelo só chegará às lojas em 2023, mas a marca já informou diversos detalhes em relação à design, tecnologia e motorização.

A picape será produzida na planta de Santa Isabel, na Argentina. A fábrica recebeu um investimento bilionário da Ford e será responsável por fabricar a novidade para toda a América Latina. Apesar do alto valor, o modelo só começará a sua produção daqui a dois anos.

Enquanto a nova Ranger não chega às concessionárias, é possível que a marca norte-americana aposte em uma nova versão da picape atual, que já foi vista em alguns testes no país hermano.

Em relação ao desenho, as semelhanças com a F-150 já começam na dianteiras, que usa o mesmo design, com faróis em forma de C com as luzes diurnas ao redor, em LED. No centro da grade está uma barra horizontal, bem no centro.

Na parte de trás, a mudança foi mais simples com a tampa da caçamba com uma depressão na parte de baixo, dividida por um vinco onde está o emblema do modelo. Na parte superior, a borda ficou mais proeminente e as lanternas, em formato de E, possuem luzes de LED.

O interior foi totalmente modificado e ganhou mais tecnologia, como é visto na nova tela da central multimídia que tem 12″ e fica na vertical. Está disponível o sistema SYNC 4, mesmo utilizado no Mustang Mach-E, e que conta com comandos de voz e acesso à internet.

O FordPass não ficou de fora e dá a possibilidade de utilizar aplicativos no smartphone para realizar funções como ligar o carro e travar as portas. As configurações mais em conta terão uma tela menor, de 10,1″, também na vertical.

A motorização não teve muitos detalhes revelados, a marca apenas confirmou os motores 2.0 diesel nas versões com um ou dois turbos e vai substituir o 3.2 de cinco cilindros por um 3.0 V6 turbo, mesmo utilizado na F-150. Existe ainda o motor 2.3 EcoBoost, o único como opção a gasolina.

Publicidade

Artigos Recentes

Publicidade