Publicidade

Fiat Uno vira “Lamborghini” brasileiro feito por mecânico de Cuiabá

Os palestrantes motivacionais sempre dizem que as pessoas não devem desistir de seus sonhos. Se você sonha em viajar o mundo? Bote a mochila nas costas e boa viagem. Sonha em ter um esportivo na garagem, mas não pode pagar por um? Pegue um Fiat Uno e transforme em um Lamborghini. Simples, não? Podo parecer loucura, mas foi um que um mecânico de Rondonópolis, distante 218 km de Cuiabá (MT).

reprodução/youtube

Edimar Souza Goulart, 28 anos, sempre sonhou em ter um superesportivo. Mas, como 99% da população mundial, nunca poderia pagar cifras milionárias em um automóvel. Há cerca de dois anos ele encontrou a “solução” ao comprar um Fiat Uno ano 2002 por R$ 9 mil. Bastava agora transformá-lo em uma supermáquina italiana.

A transformação ainda está em andamento e já foram investidos R$ 3 mil, um terço do valor do carro. Esse custo é praticamente todo de peças, uma vez que é o próprio mecânico que está trabalhando na mudança.

Reprodução

Para que seu Uno virasse o LamborgUno, Edimar usou chapas de alumínio, isopor, massa acrílica e outros materiais. Para finalizar, o “esportivo” será coberto com fibra de carbono.

O modelo que inspirou a arte de Edimar é um Aventador, que no Brasil não sai por menos de R$ 3 milhões. Com seu motor original, um V12 de 740 cv de potência, o superesportivo italiano acelera de o a 100 km/h em apenas 2,9 segundos e tem velocidade máxima de 350 km/h. Algo bem distante dos 151 km/h de velocidade máxima do Uno 1.0 original de Edimar. Entretanto, o que vale é seguir o sonho.

Publicidade

Artigos Recentes

Publicidade