Fiat Toro Turbo é o trunfo da marca no Brasil

Lançada em 2016, a Fiat Toro já chegou indicando como seria o futuro do segmento SUP (Sport Utility Pick-up), as picapes derivadas de um utilitário esportivo. O primeiro modelo da categoria por aqui foi a Renault Oroch.

LEIA MAIS

+ DESTAQUE DO MÊS VAI PARA O FIAT PULSE ENTRE OS SUVS

Com destaque desde o início das vendas, a principal novidade no quesito motorização para a Toro desde então foi o motor 2.0 turbodiesel de 170 cavalos de potência. Com isso, a marca alcançou números importantes de venda, chegando a 16.097 unidades emplacadas no primeiro quadrimestre de 2022.

A Toro 2022 também está mais eficiente nas versões Turbo 270 Flex. Mesmo sem ter mudado a potência e o torque, seu motor de até 185 cv e 270 Nm ficou mais econômico quando comparado ao propulsor regido pela legislação anterior, com uma melhora de até 7,4% no consumo de combustível.

Desde seu lançamento, a Nova Toro já emplacou mais de 340 mil veículos, garantindo uma participação recorde no mercado nacional de 3,6% em 2021. Sua ampla lista de equipamentos inclui faróis Full LED, central multimídia de 10,1”, Sistema Avançado de Assistência ao Condutor (ADAS) e painel 100% digital de 7 polegadas.

Mais recentemente, o propulsor foi atualizado para atender a nova legislação de emissões do Proconve-L7 e recebeu sistema de injeção de ureia para controle de emissões. O tanque de Arla 32 tem 13 litros e autonomia de até 10.000 km, representando um gasto extra aproximado de R$ 5,20 a cada 1.000 quilômetros rodados.

Esse novo sistema não impactou no tamanho do tanque de diesel, que segue com 60 litros e permite uma autonomia superior a 760 km. A economia também foi favorecida, permitindo à Nova Toro rodar até 12,7 quilômetros com um litro do combustível.

Publicidade

Artigos Recentes

Publicidade
Publicidade