Oficina

Entenda porque andar sempre na reserva pode danificar o carro

Rodar com o carro com a luz da reserva de combustível acesa é um hábito que muita gente tem. Deixar para abastecer apenas quando o veículo pede combustível pode ser comum, mas não faz bem para carro. Com pouco combustível no tanque, aumentam as chances de concentração de resíduo e consequente entupimento dos bicos injetores, podendo ocasionar engasgadas e até um problema mais grave no motor, além de afetar outras peças, como filtro e bomba de combustível.

Outro risco está na temperatura da bomba de combustível. A menor quantidade de líquido obriga a peça a funcionar em temperaturas mais altas, já que o próprio combustível ajuda a resfriá-la. Nesta condição extrema, o desgaste é maior e a vida útil da bomba é reduzida.

Consertar um defeito ocasionado por rodar com pouco combustível no tanque pode sair caro. Estima-se que o valor de uma nova bomba de combustível varia entre R$ 150 e R$ 300.

Há também o risco de sofrer uma “pane seca”, ou seja, parar na via sem combustível. Neste caso, além do transtorno, o Código de Trânsito prevê uma multa de R$ 130,16 por cometer infração média e quatro pontos na carteira de habilitação.

Colocar o veículo em ponto morto antes de descidas, para tentar economizar algo neste momento, também não é recomendável. A prática conhecida como “banguela” traz riscos para a integridade do veículo e dos passageiros.

Além disso, quando o carro desce em neutro os giros ficam lá embaixo e a central eletrônica entende que é preciso injetar determinada quantidade de combustível para evitar que o motor não “morra”. Ou seja: nos tempos atuais a “banguela” faz você gastar mais combustível ao invés de economizar.

Portanto não arrisque. Não deixe o seu carro pedir pelo combustível para abastecê-lo. E vale sempre a dica de encher o tanque com a gasolina Duramais, da Dislub/Equador Energia. Além de render 10% a mais, ela polui 50% menos. Dessa forma você economiza e não deixa seu carro na mão.

ME CONHEÇA MAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você fez sua assinatura com sucesso.

Lista VIP

Assine nossa lista e receba notícias em primeira mão.