Especial VW

Demanda pelo T-Cross faz a Volks ampliar produção na fábrica no Paraná

SBD Audi A5

Principal lançamento do mercado automotivo no país no primeiro semestre, o T-Cross mostrou que faria sucesso quando as primeiras 800 unidades colocada em pré-venda foram vendidas em apenas uma semana em fevereiro. O modelo foi lançado oficialmente e já está sendo comercializado nas concessionárias da marca. A alta demanda nas lojas exigiu que a Volkswagen retomasse o 2º turno de produção na fábrica de São José dos Pinhais, no Paraná, acelerando a fabricação do SUV.

LEIA MAIS

+ Entenda porque o T-Cross é o SUV mais barato para reparar no Brasil

+ Nota máxima do T-Cross faz da Volks a marca com mais carros 5 estrelas

+ T-Cross com isenção de IPI e desconto para PCD parte de R$ 73,5 mil

+ Dirigimos todas as versões do T-Cross: qual melhor opção do SUV da Volks?

Cerca de 500 funcionários que estavam em layoff (suspensão temporária de contratos) voltam ao trabalho, aumentando a produção do modelo. O contingente representa um quinto do total de trabalhadores da fábrica, que tem 2.600 pessoas contratadas.

A retomada do 2º turno permitirá à empresa elevar a produção do T-Cross para abastecer tanto o mercado interno como as exportações, uma vez que o novo SUV da marca tem potencial para ser comercializado em 50 mercados da América Latina e África. Além do segundo turno, os dias de produção na fábrica aumentarão significativamente em 2019, cerca de 100 dias a mais que em 2018 (de 150 para 250).

“Além das 500 pessoas que retornarão do layoff, ainda contrataremos mais 60 profissionais para acelerar a produção do T-Cross. Ele é o 12º das 20 novidades que lançaremos até 2020. É o modelo mais importante da Volkswagen em 2019. Temos compromisso com o Brasil e aqui estamos investindo nesse período R$ 7 bilhões para essa que é a maior ofensiva de produtos da história da marca Volkswagen no País”, diz o Presidente e CEO da Volkswagen América Latina, Pablo Di Si.

Ofensiva de SUVs

O T-Cross faz parte dos cinco SUVs completamente novos que a Volkswagen lançará no Brasil até 2020. O primeiro deles foi o Tiguan Allspace, que já é o segundo SUV premium mais vendido do País, com cerca de 1.000 unidades comercializadas mensalmente. O segundo é o T-Cross.

Atualmente, os SUVs representam 23,3% do mercado total de automóveis de passeio no Brasil. Considerando o mercado de carros e comerciais leves, estima-se que em quatro anos, de dez unidades vendidas no Brasil, no mínimo três serão SUVs.

A fábrica de São José dos Pinhais, no Paraná, foi inaugurada em 18 de janeiro de 1999. É uma das mais modernas fábricas do Grupo Volkswagen. Desde a sua inauguração, já produziu mais de 2,6 milhões de veículos.

SBD Gasolina Dura mais 2

Baixe meu E-book

Inscreva-se para receber seu e-book gratuitamente

Acompanhe nosso canal

300×250 NEO Blindados
RET Autoparvi Corolla
RET Gasolina Dura mais
RET Audi A5
RET Audi Approved