Mercado Nós testamos

De férias com o Tiggo 7, um SUV para a família que gosta de estrada

Verão, ano novo e férias com a família: uma combinação que fica ainda melhor para quem gosta de pegar a estrada e aproveita essa época do ano para tirar o carro da garagem. Os SUVs estão na preferência dos brasileiros principalmente quando o assunto é viagem e família. O espaço interno generoso, segurança na rodagem e força estão entre os pontos que levam à preferência pelos utilitários. Testamos o Tiggo 7, da CAOA Chery, e comprovamos que o SUV chinês produzido no Brasil tem todos os requisitos para quem gosta de pegar a estrada com a turma.

LEIA MAIS

+ Testamos o Tiggo 5X: entenda porque o SUV tem crescido tanto nas vendas

Podemos começar pelo espaço interno. O Tiggo 7 tem 4.505 mm de comprimento, 1.837 mm de largura e 1.670 de altura. Mas é na distância entre-eixos que está o destaque. São 2.670 mm que garantem espaço com folga para que está no assento traseiro. Para quem vai atrás tem ainda saída de ar-condicionado para que ninguém passe calor durante a viagem. A suspensão independente McPherson na dianteira e Multilink na traseira garantem o conforto a bordo da cabine. A bagagem da família também tem espaço garantido no porta-malas generoso de 414 litros, que pode chegar a 1.100 litros com o banco traseiro rebatido.

Testamos a versão TXS (topo de linha) do Tiggo 7. Ela tem teto solar panorâmico e rodas de 18 polegadas como diferenciais. Mas o SUV tem muito mais. Ao entrar no modelo você já se impressiona com a tela de 9 polegadas da central multimídia. Ali você controla praticamente todo o carro e ainda pode parear o celular por Android Auto e Apple CarPlay. Nela também aparece a imagem da câmera 360 graus, um ótimo auxílio na hora de estacionar em vagas apertadas.

O acabamento interno no Tiggo 7 é muito bom, com couro nos bancos, nos painéis das portas e no console. Tudo sem exageros de cromados, passando um requinte que poucos nessa categoria oferecem. Lembrando que o Tiggo 7 custa R$ 106.990 (TX) e vai a R$ 116.990 na TXS.

Outro ponto que nos chamou a atenção durante nosso teste com o Tiggo 7 foi a desenvoltura do motor 1.5 turbo flex. Os 150 cv de potência e os 21,4 kgfm de torque garantem um desempenho esperto para o utilitário. As saídas são rápidas e as retomadas seguras, principalmente quando você precisa fazer uma ultrapassagem. O câmbio de dupla embreagem e seis velocidades entende muito bem as necessidades do carro e trabalha de forma ágil e quase que imperceptível.

Boa notícia também para quem gosta de viajar de carro é que o consumo de combustível do Tiggo 7 é de carro compacto. Em nosso teste, o SUV com gasolina fez uma média de 10,1 km/l na cidade e 12,4 km/l na estrada. Dá para rodar muito com um tanque de gasolina, o que garante poucas paradas no posto de gasolina durante sua viagem.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você fez sua assinatura com sucesso.

Lista VIP

Assine nossa lista e receba notícias em primeira mão.