Lançamentos Mercado

Corolla Cross, versão SUV do sedã, será feito no Brasil

SBD Parvi

A Toyota divulgou as primeiras imagens do seu mais novo utilitário baseado no sedã mais vendido no mundo, o Corolla Cross. O modelo foi apresentado oficialmente na Tailândia. A novidade será comercializada em todo o mundo e, por aqui, teremos inclusive produção local confirmada pela japonesa na planta de Sorocaba (SP) já a partir do próximo ano.

LEIA MAIS

+ Nova Toyota Hilux 2021 é lançada com motor mais forte de 204 cv de potência

Com várias características semelhantes ao Corolla, o novo SUV médio chegará com a mira em concorrentes como Jeep Compass e os futuros lançamentos como Ford Territory e Volkswagen Tarek.

A princípio, a Toyota irá investir no Corolla Cross como uma opção mais acessível que o RAV4, mas depois ela deve apresentar ainda um utilitário menor. A fábrica de Sorocaba já recebeu um investimento de R$ 1 bilhão para preparar sua produção, que é conhecido apenas pelo código 140B.

Um dos compartilhamentos entre o crossover e o sedã é a plataforma modular TNGA-C. Em relação ao tamanho, o veículo apresentado para o mercado asiático possui 4,460 metros de comprimento, 1,825 m de largura e 1,615 metros de largura. O entre-eixos é de 2.640 metros. Ainda de acordo com informações da Toyota, a altura em relação ao solo será de 161 milímetros. No porta-malas, a aposta foi grande, de 487 litros sem o estepe e 440 litros com ele. Com esses números, o novo Corolla Cross se encaixa no mesmo segmento de Compass, Chevrolet Equinox e Peugeot 3008.

Em relação ao design, o modelo surpreendeu aqueles que esperavam algo parecido com a RAV4. Apesar de preservar algumas linhas do utilitário maior, a novidade conta com um desenho exclusivo.
Na parte de trás, as lanternas são horizontais e ocupam bastante espaço no porta-malas com um desenho diferenciado e mais moderno.

Na cabine existe mais similaridade com o sedã em alguns componentes e até no design do acabamento para o novo Corolla Cross. Os comando do ar-condicionado, central multimídia, volante e painel de instrumentos são os mesmos nos dois modelos. A principal diferença é encontrada no console central que recebeu uma área maior para objetos, além do revestimento em cor marrom na maior parte da área interna e banco.

Em relação à motorização, a montadora disponibilizou para alguns países da Ásia o 1.8 híbrido de 122 cavalos e a versão apenas a combustão com a mesma capacidade, mas aspirado capaz de entregar 142 cavalos. Para o mercado local, o modelo deve contar com as mesmas opções do sedã, com 1.8 híbrido flex e o 2.0 aspirado de 177 cavalos, sempre com transmissão automática CVT e tração dianteira.

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .
RET Jeep

ME CONHEÇA MAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você fez sua assinatura com sucesso.

Lista VIP

Assine nossa lista e receba notícias em primeira mão.