Chevrolet quer 500 mil carros conectados até fim do ano

A Chevrolet quer dobrar o número de carros conectados este ano. O objetivo é ultrapassar 500 mil veículos ativos ate o fim do ano. O intuito é expandir a oferta do OnStar para toda a linha, desde o Bolt EUV até a nova Montana.

“O sistema OnStar passa a equipar mais de 85% dos veículos da Chevrolet, ante 35% anteriormente. Este é o maior salto em conectividade que uma empresa de grande volume promove no país, em linha com nosso propósito de massificar a tecnologia que mais ganha relevância do consumidor”, afirma Jaime Gil, diretor de Serviços Conectados da GM da América do Sul.

LEIA MAIS
+ Porsche vende kit para o 718 Cayman GT4 RS, que fica 6 segundos mais rápido

Lançado em 2015 no país, o OnStar transforma a experiência do usuário com inúmeros serviços de segurança, diagnósticos e telemetria. A tecnologia permite ainda comandar funções do automóvel à distância por meio de um aplicativo para smartphone, realizar atualizações de sistemas eletrônicos do carro de forma remota e ainda oferece auxílio na recuperação em caso de roubo do veículo, por exemplo.

Outro serviço muito valorizado nos carros conectados da Chevrolet é o Wi-Fi nativo, que se diferencia pela antena amplificada com sinal de internet até 12 vezes mais estável e capacidade de conexão para até sete aparelhos simultâneos.

O OnStar está há mais de 20 anos no mercado internacional e é líder global em soluções de segurança conectada, serviços de mobilidade e tecnologia avançada de informação, somando atualmente mais de 16 milhões de assinantes pelo mundo.

Identidade visual renovada
Para marcar este novo momento da marca, que inspira confiança, tecnologia e proximidade com o consumidor, o OnStar está atualizando sua identidade visual, tornando seu logo mais plano e minimalista, reforçando a percepção de símbolo de segurança e proteção.

Além disso, o OnStar está preparando o lançamento de um serviço de telemática para empresas e administradores de frotas, que permitirá a eles coletar informações de seus veículos de forma remota.

Dados como velocidade média e instantânea, distância percorrida, localização, consumo de combustível e tempos de parada são alguns dos índices que o sistema poderá sintonizar, para que tenham melhores condições de otimizar custos e processos junto com seus colaboradores.

Artigos Recentes