Recomendamos

Celular e direção não combinam em um trânsito cidadão

SBD VW

Você está dirigindo e, de repente, chega uma mensagem no seu celular. Olha para um lado… olha para o outro e pensa: “Não custa nada eu ver a mensagem e respondê-la”. Mas custa sim. São R$ 293,47 de multa e sete pontos na carteira. Manusear o telefone enquanto dirige é hoje o principal fator de desatenção no trânsito e causador de muitos acidentes. É por isso que esta é uma infração muito visada pelos agentes de trânsito. Em Pernambuco, entre janeiro e abril deste ano, 4.747 pessoas foram flagradas e autuadas fazendo uso do celular enquanto dirigia. Destas multas, 3.218 foram registradas no Recife.

É bem verdade que todo mundo já passou por uma situação em que atender uma ligação ou responder uma mensagem era algo inevitável, mesmo estando no volante. Mas é importante parar o carro para poder fazer qualquer uso do celular. Baixar o olhar para a tela do smartphone, mesmo que por 1 ou 2 segundos, pode ser fatal para você e outras pessoas no trânsito.

Desviar o olhar da estrada por apenas dois segundos pode ser fatal

Estima-se que o uso de tecnologia ao volante seja a quarta maior causa de acidentes do mundo, atrás apenas de excesso de velocidade, consumo de álcool ou drogas e fadiga. Estudos confirmam que dirigir enquanto usa o celular pode ser tão perigoso quanto dirigir embriagado. Isso porque, durante uma ligação, uma das mãos sai do volante para segurar o aparelho e a atenção diminui. Com isso, a velocidade de resposta do motorista é menor. A capacidade de evitar um acidente também, já que os movimentos ficam limitados.

Se você dirige muito e não pode recusar ligações no seu celular em momento algum, a tecnologia pode auxiliar se manter conectado ao mundo sem tirar as mãos do volante e os olhos da estrada. Hoje em dia, até mesmo carros de entrada na faixa dos R$ 40 mil possuem sistemas de conexão entre o smartphone e o carro através do bluetooth. Com essa tecnologia, é possível fazer e receber chamadas sem ter que pegar no celular. Sua voz é captada por um microfone embutido no carro, enquanto você escutará a conversa pelos autofalantes do veículo. Mesmo que seu carro não tenha o equipamento de fábrica, é possível comprar, por menos de R$ 300, e instalar em qualquer equipadora. Vale a pena.

Tecnologia permite você parear o seu celular no carro

Mas há outros sistemas mais sofisticados de conexão de telefone com o carro que também começam a se popularizar no Brasil e já surgem em carros na casa dos R$ 50 mil. É a conexão via aplicativo do sistema operacional do celular: Android Auto ou Apple CarPlay. Trata-se basicamente do espelhamento do seu smartphone na tela da central multimídia.

No entanto, vários fabricantes de automóveis começam a optar por integrar ambas as soluções, servindo dessa maneira tanto quem tem um smartphone da Apple como quem possui um Android com os serviços da Google. Com isto, os construtores pretendem aumentar os níveis de conforto de quem segue a bordo, com a possibilidade de executar tarefas simples, como enviar SMS ou mesmo consultar o email, sem tirar os olhos da estrada, mas também de entretenimento e de segurança (em alguns modelos, através de aplicativos próprios, é possível verificar, por exemplo, se o tanque de combustível está devidamente abastecido, confirmar se o carro ficou trancado ou até ligar a climatização à distância).

Independentemente de tecnologia, bluetooth ou espelhamento: o que deve prevalecer sempre no trânsito é o bom senso do motorista. Ter a atenção total focada na direção é garantia de segurança para você, sua família e as demais pessoas nas ruas.

SBD Italiana

ME CONHEÇA MAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você fez sua assinatura com sucesso.

Lista VIP

Assine nossa lista e receba notícias em primeira mão.