Publicidade

Carros de James Bond chegam ao Petersen Museu em Los Angeles

LOS ANGELES – A cidade por si só já garante uma das melhores visitas, destino de cinema, diversão, cultura e arte nos Estados Unidos. A Califórnia é outra história, que me desculpem os outros estados ou o internauta, que assim como eu também ama a famosa Big Apple mas L.A é demais!

LEIA MAIS

+ CONHEÇA A GARAGEM PARA CLÁSSICOS E ESPORTIVOS NA ZONA SUL DO RECIFE

Roteiro turístico à parte, o L.A Auto Show, que marcou a reabertura do circuito dos salões nos EUA, permitiu a visita a um dos museus automotivos mais divertidos que já visitei, governado por uma entidade sem fins lucrativos. O Petersen Museum é demais e para fechar o tempo, exibe no momento uma das exposições mais apaixonantes para os fãs da Bond mania.

A Bond In Motion chega ao Petersen Automotive Museum em comemoração aos 60 anos da franquia de filmes do espião britânico mais conhecido do mundo. No espaço, veículos icônicos que apareceram nos longas e que agora compartilho com vocês.

A inauguração foi recente, no último dia 25, e garanto ser a melhor mostra em termos oficiais do James Bond nos Estados Unidos. Pode somar e curtir a nossa galeria. São cerca de 30 carros, motocicletas, barcos, submarinos, helicópteros e até modelos de filmagem em escala de aeronaves de uma série de filmes da franquia.

Sean Connery, George Lazenby, Roger Moore, Pierce Brosnan, Timothy Dalton e Daniel Craig nas telas e bem perto alguns carrões das estrelas que tomei nota por lá: Aston Martin V8 Vantage, de 007 – Marcado Para A Morte de 1987. Além dele, tem ainda um Série 7 e um BMW Z8 de 007 – O Mundo Não É O Bastante e o Aston Martin DB10 de 007 Contra Spectre, ambos os longas de 2015. Viaje no tempo com um Citroën 2CV, um Jaguar XKR cabrio, um Ford Mercury, outro ASTON Martin Vanquish e a lembrança dos filmes projetados nos displays espalhados pelo espaço. O carro mais raro é o ASTON DB5 de 1964, último clássico também dirigido por Daniel Craig, em No time to die.

A Bond in Motion é uma colaboração entre a EON Productions e a The Ian Fleming Foudation, que conta com o apoio da Metro Goldwyn Mayer.

No Petersen, os visitantes entram pelo terceiro e último e percorrem 25 galerias tematizadas. Vale lembrar que entre os carros esportivos, Ferraris, Ford GT, Porsche, Lamborghini, ação em sala dedicada aos carros de F1 e uma exclusiva para o estúdio Pininfarina que retrata relíquias. Dá para ver também modelos lançados desde 1886 como por exemplo, o Benz do mesmo ano, o primeiro carro motorizado a funcionar sem tração animal.

Serviço:

https://www.petersen.org
A entrada custa U$ 17, crianças até 17 anos paga U$ 12. Acima de 62 anos são U$ 15. Você também pode ser sócio do local e a entrada ser na faixa, gratuita.

Publicidade

Artigos Recentes

Publicidade