Mercado

Agora é a vez do Fiesta se despedir com fechamento da planta da Ford em SP

SBD Audi 2019

A Ford surpreendeu o mercado ontem ao informar que eixará de atuar no segmento de caminhões na América do Sul. Como consequência, a empresa encerrará as operações de manufatura na fábrica de São Bernardo do Campo (SP) ao longo de 2019 e deixará de comercializar as linhas Cargo, F-4000, F-350 e Fiesta assim que terminarem os estoques.

Com isso, a Ford ficará apenas com a fábrica em Camaçari, na Bahia, onde são produzidos o Ka (hatch e sedã) e o EcoSport. Há ainda uma planta em Taubaté (SP) para a produção de motores. A montadora já havia informado que iria parar de vender o Focus no Brasil em 2019, pois o modelo deixou de ser fabricado na Argentina no final do ano passado.

LEIA MAIS

+ Ford Focus sai de linha em 2019 com fim da produção na Argentina

+ Novo Ford Fusion 2019 chega com mudanças no visual e parte de R$ 149.900

+ Ford lança EcoSport sem pneu estepe no porta-malas por R$103.890

A Ford está comprometida com a América do Sul por meio da construção de um negócio rentável e sustentável, fortalecendo a oferta de produtos, criando experiências positivas para nossos consumidores e atuando com um modelo de negócios mais ágil, compacto e eficiente”, disse Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul.

Segundo a montadora, a decisão de deixar o mercado de caminhões foi tomada após vários meses de busca por alternativas, que incluíram a possibilidade de parcerias e venda da operação. “A manutenção do negócio teria exigido um volume expressivo de investimentos para atender às necessidades do mercado e aos crescentes custos com itens regulatórios sem, no entanto, apresentar um caminho viável para um negócio lucrativo e sustentável”.

Sabemos que essa decisão terá um impacto significativo sobre os nossos funcionários de São Bernardo do Campo e, por isso, trabalharemos com todos os nossos parceiros nos próximos passos”, disse Watters. “Atuando em conjunto com concessionários e fornecedores, a Ford manterá o apoio integral aos consumidores no que se refere a garantias, peças e assistência técnica”.

1 Comentário

Clique para inserir um comentário

  • Estava previsto! Só vendeu 14.000 Fiesta ano passado contra 103.000 ford já!

    Uma produção diária de carros e de 400 unidades dia/único turno como irá pagar as contas?

    Já tem um mega investimento na Bahia! Pra eles mesmo citando 400 milhões de prejuízo será um lucro revestido!

    Triste pelos funcionários e indiretos

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

Baixe meu E-book

Inscreva-se para receber seu e-book gratuitamente

300×250 NEO Blindados
RET Autoparvi Corolla
RET Land Rover
RET Q3 2019
RET Audi 2019
RET VW Polo
RET VW T-Cross
RET Gasolina Dura mais