TOP 10: Prisma, Virtus e Corolla não dão espaço para a concorrência entre os sedãs

Se entre os SUVs existe uma disputa entre Creta, Compass, HR-V e Renegade pela liderança das vendas no Brasil, entre os sedãs, Prisma, Virtus e Corolla não deixam brechas para seus adversários. Eles lideram, respectivamente, os segmentos dos sedãs Pequenos, Compactos e Médios, segundo classificação da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

O Prisma embarcou na onda do Onix, que lidera com extrema folga entre os hatches e é o carro mais vendido no Brasil. O sedã pequeno da Chevrolet já vendeu 64.993 unidades no ano, o que garante uma participação de 24,18% no segmento. Para se ter uma ideia da superioridade do modelo, o segundo colocado, o Ford Ka Sedan, teve 35.467 emplacamentos no mesmo período (janeiro a novembro), com 13,19% do mercado.

Prisma 2019

Chevrolet Prisma já registrou 64.993 emplacamentos em 2018

O sucesso do Prisma não deve acabar tão cedo. Agora em 2019 chega a nova geração do sedã pequeno e a Chevrolet promete entregar ainda mais custo/benefício com novas tecnologias, principalmente para as versões mais caras.

Entre os sedãs compactos, a superioridade do Virtus também impressiona. Em seu primeiro ano no mercado, o três volumes da Volkswagen não deu chances para seus concorrentes. É dele a maior fatia de mercado entre os sedãs. Enquanto o Virtus vendeu 37.394 unidades entre janeiro e novembro, o segundo colocado, o Chevrolet Cobalt registrou 19.011 emplacamentos. Com isso, o Virtus possui 45,45% de participação do segmento.

VIrtus 2019

O Virtus teve 37.394 unidades vendidas até agora em 2018

Você pode estar sentindo falta do falta do Cronos, principal rival do Virtus, mas é que a Fenabrave classifica o sedã da Fiat como “Pequeno”, ou seja, no mesmo segmento de Prisma e Ka. Entretanto, mesmo que o Cronos estivesse na mesma faixa que o Virtus, não iria incomodar muito o Volks não, pois o Fiat vendeu 26.658 unidades.

Entre os médios, o domínio do Corolla é indiscutível. Mesmo estando em um segmento bem mais disputado, onde tem cerca de 20 concorrentes, a participação de mercado do sedã da Toyota é enorme (41,31%), contra 18,38% do segundo colocado, o Civic. Enquanto o Corolla vendeu 53.880 unidades entre janeiro e novembro, o sedã da Honda registrou 23.968 emplacamentos.

Corolla 2019

Já o Corolla vendeu 53.880 unidade entre janeiro e novembro

E essa superioridade tende a se manter em 2019 ou até aumentar. Isso porque, a nova geração do Corolla chega ainda no primeiro semestre com um visual completamente renovado e novas tecnologias.

Acompanhe abaixo as vendas detalhadas nos três segmentos de sedãs no Brasil:

Vendas dos sedãs Pequenos e Compactos

Fonte: Fenabrave

Vendas dos sedãs médios (JAN - NOV)

Deixe uma Resposta

Seu e-mail não será divulgado.
Campos marcadas com * são obrigatórios