Taycan da Porsche entra em produção após 6 bilhões em investimento

Porsche Taycan: curiosidade? Não. Realidade. Primeiro imagine que você pode parar em algum ponto de recarga (no posto, por exemplo), tomar um café, ir ao banheiro e quando voltar perceber que seu carro ganhou mais 100 quilômetros de autonomia. A Porsche ingressa no universo elétrico e mostra a linha de produção do novo Taycan. Ele pode tudo isso e muito mais.

A planta de Zuffenhausen, em Sttutgart, recebeu 1.200 novos colaboradores e um investimento de seis bilhões de euros para dar start ao Porsche
Production 4.0. No futuro da marca, lá pelos anos 2025, mais de 50% dos
modelos serão eletrificados.

O esportivo vai gerar mais de 600 cv através de dois propulsores elétricos
acoplados em cada eixo. A autonomia prevista promete ser recorde com 500
km e se você pensa que a carga será mais ou menos, não esqueça que ele vai fazer 0 a 100 km/h em três segundos e um pouquinho mais.

O vice-presidente da Porsche, Lutz Meschke, afirmou que a receita dos produtos digitais e dos serviços gerados por eles deverá aumentar a contribuição para o sucesso econômico da montadora.  O Taycan ganhou “uma fábrica dentro da fábrica”, no edifício principal, em Zuffenhausen.

A chegada do veículo para o segundo semestre do ano que vem cria uma força de trabalho que leva à Porsche uma nova viagem entre a era digital e a elétrica. Semelhante ao 919 Hybrid, grande vencedor em Le Mans, o Taycan é alimentado pela tecnologia de 800 V. O nível de voltagem, segundo a Porsche, define efetivamente o curso para o conjunto de propulsão elétrica: desde a bateria de 400 células até à disposição dos sistemas eletrônicos. A engenharia também comenta no resfriamento da bateria de ions de lítio refrigerada por líquido.

Outra sacada é a possibilidade de recarregar o automóvel em apenas quatro
minutos, garantindo energia suficiente para percorrer 100 km (de acordo com o ciclo NEDC). Os processos de carregamento rápido. O Porsche E-Performance cobre todas as áreas da infraestrutura com soluções para circulação e para casa (lá na Europa, claro). Com uma capacidade até 22kW, o Porsche Mobile Charger Connect é uma forma rápida para carregar o Taycan em casa durante a noite.

O modelo também poderá ser carregado por tecnologia de indução. A joint venture Ionity – que também envolve a BMW, a Daimler e a Ford – irá criar 400 postos de carregamento de alta potência com uma capacidade de 350kW por ponto por toda a Europa até ao final de 2019.

Nos EUA, a iniciativa do VW Group, Electrify America, fará a instalação de uma infraestrutura de carregamento (capacidade até 350kW) em 300 áreas de serviço nas autoestradas a partir 2019. A Porsche planeja também instalar mais de 2.000 pontos de carregamento AC em destinos como hotéis, em mais de 20 mercados.  Os clientes terão acesso à rede de carregamento da Porsche através do servisse Porsche Charging.

Deixe uma Resposta

Seu e-mail não será divulgado.
Campos marcadas com * são obrigatórios