T-Cross será visto em primeira mão no Recife durante o Motor Show no Shopping RioMar

Um dos lançamentos mais aguardados do ano e que foi uma das principais estrelas do Salão do Automóvel de São Paulo, o Volkswagen T-Cross, vai ser apresentado no Recife, em primeira mão, durante o Motor Show Pernambuco. O maior evento automotivo do Norte/Nordeste terá sua terceira edição aberta nesta quinta-feira (6) no terceiro piso do Shopping RioMar e ficará com as portas abertas até o dia 16, sempre com entrada gratuita.

LEIA MAIS

T-Cross, Polo GTS, Virtus GTS e Tarok: apostas da Volks para sacudir o mercado

Com o T-Cross, a Volks entra no disputado mercado dos SUVs compactos no Brasil

O evento contará com 20 gigantes da produção automotiva, que apresentarão as novidades para 2019. Entre as marcas confirmadas estão Fiat, Jeep, Nissan, BMW, Land Rover, Audi, Volkswagen, Chevrolet, Toyota, Lexus, Yamaha, Honda Motos e ainda Magnum Tires e AutoBox.  “Pernambuco é o principal estado, nas regiões Norte e Nordeste, em produção e consumo de automóveis. Lidamos com um público exigente e entendido”, comenta André Cavalcanti.

Com novidades de montadoras e lojas especializadas em serviços e tecnologias para autos de luxo, o salão automobilístico deve movimentar em média R$5 milhões em negociações, gerando 150 empregos diretos e indiretos.

Para a edição, são estimados 55 mil visitantes entre amantes e curiosos do automobilismo.

Sobre o T-Cross

O T-Cross será produzido sobre a Estratégia Modular MQB, que é o mais moderno conceito de produção do Grupo Volkswagen no mundo. No Brasil, o T-Cross terá exclusivamente motores TSI (1.0 e 1.4). Os preços devem partir da casa dos R$ 80 mil e chegar até R$ 115 mil na versão topo de linha com todos os equipamentos opcionais, como teto solar, central multimídia de 8 polegadas e painel de instrumentos digital. Mas isso é apenas estimativa. Os valores oficiais devem ser revelados em breve. Como a produção no Brasil começa apenas em janeiro, as primeiras unidades devem começar a sair das lojas no final do primeiro trimestre de 2019.

Oferecerá itens exclusivos no segmento, como o painel totalmente digital (Active Info Display), seletor de perfil de condução, Controle de Estabilidade (ESC) de série, bloqueio eletrônico do diferencial, Park Assist 3.0, suporte para celular no painel, quatro entradas USB (inclusive para o banco traseiro), iluminação da cabine em LED e acabamento com apliques no painel. Também contará com faróis full-LED, seis air bags, saída de ar-condicionado para o banco traseiro e teto solar panorâmico, entre outros recursos.

O motor 250 TSI Total Flex gera potência de até 150 cv (110 kW), com gasolina ou etanol, a 4.500 rpm. O torque máximo, também com ambos os combustíveis, é de 250 Nm (25,5 kgfm) – será o maior torque da categoria. Esse motor será combinado exclusivamente à transmissão automática de seis marchas com função Tiptronic e aletas (“shift paddles”) para trocas no volante.

Já o motor 200 TSI Total Flex desenvolve potência de até 128 cv (94 kW) a 5.500 rpm, com etanol – com gasolina, são 116 cv (85 kW), à mesma rotação. O torque máximo é de 200 Nm (20,4 kgfm), com gasolina ou etanol, sempre na faixa de 2.000 a 3.500 rpm. Esse motor poderá ser combinado à transmissão manual ou à automática com função Tiptronic (também com as aletas no volante), ambas de seis marchas.

O T-Cross mede 4.199 mm de comprimento e 1.568 mm de altura (9 mm mais alto que o T-Cross europeu). A distância entre os eixos do modelo que será produzido no Brasil é maior: 2.651 mm (88 mm a mais do que a distância entre-eixos do T-Cross europeu). A capacidade do porta-malas do T-Cross é variável entre 373 e 420 litros. O encosto rebatível do banco do passageiro dianteiro oferece ainda mais flexibilidade.

Deixe uma Resposta

Seu e-mail não será divulgado.
Campos marcadas com * são obrigatórios