Onda dos SUVs elétricos invade as marcas de luxo e deve se espalhar pelo mundo

Os utilitários esportivos (SUV) eram sinônimo de alto consumo de combustível e viraram símbolo da guerra encabeçada por ambientalistas contra a poluição do ar. As montadoras se adaptaram às legislações mais rígidas na emissão de poluentes e os SUVs já não têm aquela imagem de “soltadores de fumaça” de uns anos atrás. Outro reflexo da luta pelo meio ambiente é a onda dos carros elétricos, que agora também alcançou o segmento dos utilitários de luxo. A Jaguar saiu na frente com o I-Pace e agora a Mercedes apresenta o EQC. Ainda neste mês a Audi lança o e-tron e, dessa forma, os gigantes de tração 4×4 desbravam um caminho sem volta. Sem volta ao posto de gasolina.

Jaguar I-Pace

O novo Jaguar I-Pace é equipado com uma bateria íon de lítio de 90kWh formada por 432 células e ampla capacidade térmica, o modelo é capaz de sair da imobilidade e alcançar os 100km/h em apenas 4,8 segundos, além de possuir uma autonomia de rodagem de cerca de 480 quilômetros. Tudo isso graças aos dois motores elétricos idênticos que enviam tração para as quatro rodas.

O carregador de 100kW permite aos clientes recarregar até 80% da bateria do I-Pace em até 40 minutos, situação ideal para uma viagem longa. Já quando carregado em uma tomada normal caseira de 7kW, os 80% de carga são alcançados em 10 horas, ou seja, essa situação é perfeita o carregamento durante uma noite de sono.

A combinação de tração nas quatro rodas, 394cv de potência e 71Kgfm de torque instantâneo, característica inerente de um veículo 100% elétrico assegura que esse modelo de zero emissões tenha um comportamento esportivo em todas as situações.

Mercedes EQC

Com um visual polêmico, o novo Mercedes EQC tem autonomia de 450km com sua bateria de íons de lítio com 80kWh de capacidade. Ela alimenta os motores elétricos colocados sobre os dois eixos que oferecem 408cv de potência e 78 kgfm de torque. A recarda de 10% a 80% da bateria leva apenas 40 minutos, segundo a montadora.

Com esse conjunto, a aceleração anunciada de 0 a 100km/h em apenas 5,1 segundos. Um valor interessante para um SUV que supera as duas toneladas de peso, sendo 650kg só de baterias.

O SUV elétrico da Mercedes tem dimensões generosas, onde se destacam desde os 4761 mm de comprimento, 1884 mm de largura e ainda 1624 mm de altura. O espaço interno é garantido pela distância entre-eixos de 1625 mm. Eo porta-malas tem 500 litros de capacidade.

Audi e-tron

A Audi não quer ficar de fora dessa onda elétrica e lançará no dia 17 de setembro, nos Estados Unidos, seu SUV 100% elétrico. A montadora ainda não deu muito detalhes do utilitário que se chamará e-tron, mas sabemos que ele terá uma capacidade de recarga de até 150 kW em estações de carregamento rápido, o que garante rodagens de longa distância em cerca de 30 minutos de recarga. Vamos esperar por mais SUVs elétricos e menos dependência dos postos de gasolina.

Deixe uma Resposta

Seu e-mail não será divulgado.
Campos marcadas com * são obrigatórios