Novo e-tron é a ofensiva elétrica da Audi contra a Mercedes, Tesla e Jaguar

Fazia tempo que a Audi não se empolgava tanto com um lançamento como agora com a apresentação do seu primeiro carro 100% elétrico, o SUV e-tron. Não é para menos, porque trata-se de um ofensiva direta ao Mercedes EQC, Tesla Modem X e Jaguar I-Pace.

O SUV é equipado com dois motores elétricos de emissões neutras de CO2 e silenciosos. Além disso, uma nova geração da tração quattro – a tração elétrica nas quatro rodas – garante mais aderência e dinâmica, segundo a Audi. O sistema oferece uma regulagem contínua e variável da distribuição ideal de torque entre os dois eixos – dentro de uma fração de segundo.

Segundo a montadora, um fator-chave para a característica esportiva e a excelente dinâmica é a posição baixa e central na qual o sistema de baterias é instalado. São 700 kg de baterias para carregar 95 kW/h, que garantem 400 km de autonomia. Para carregar 80% bastam 30 minutos na tomada de abastecimento.

Os dois motores elétricos geram 365 cv, subindo para 414 cv com overboost, e 67,3 kgfm. Com isso, o e-tron acelera de 0 a 100 km/h em menos de 6 segundos e tem velocidade é máxima limitada a 200 km/h.

Durante mais de 90% de todas as desacelerações, o e-tron recupera a energia exclusivamente por meio de seus motores elétricos. Dessa forma, o SUV aproveita seu potencial máximo de recuperação em combinação com o sistema de controle integrado de freios eletro-hidráulicos. Com isso, a Audi torna-se a primeira montadora do mundo a usar esse tipo de sistema em um veículo elétrico produzido em série. 

Medindo 4,91 m de comprimento e com uma altura de 1,61 m, o Audi e-tron está algures entre o Q5 e o Q7 em termos de posicionamento e, olhando para ele, identifica-se mais facilmente uma próxima geração dos SUV da Audi do que propriamente um carro elétrico.

O Audi tem ainda um pequeno bagageiro dianteiro de 60 litros de capacidade, onde é possível arrumar os cabos de recarga e um par de luvas, para não sujar o porta-malas traseiro, onde cabem 600 litros de bagagem.

Desde o sistema de navegação com o planejador de rotas e-tron, que mostra os caminhos apropriados com postos de carregamento, cobrança automática nas estações de recarga e controle remoto via smartphone – o e-tron é extremamente conectado.

O carro é equipado com o media center MMI navigation plus, que inclui a tecnologia LTE Advanced e um hotspot de Wi-Fi de série. Dessa forma, diversos sistemas de assistência auxiliam o motorista.

Por exemplo, o assistente de eficiência promove um estilo de condução econômica exibindo informações preditivas e realizando a recuperação automática de energia. Se o cliente selecionar o assistente de cruzeiro adaptativo, o sistema pode também frear e acelerar o SUV de forma preditiva.

O Audi e-tron sairá da linha de montagem na planta neutra em CO2 de Bruxelas (Bélgica). As primeiras entregas a clientes europeus estão planejadas para o fim de 2018. O preço inicial do modelo na Alemanha é de 79.900 euros. Ainda não há previsão de chegada no Brasil.

Deixe uma Resposta

Seu e-mail não será divulgado.
Campos marcadas com * são obrigatórios