Conheça a trajetória de sucesso e de paixão por carros da JBS Veículos

Existe uma fórmula para o sucesso? Especialistas dirão que sim e muitos apresentarão diversos passos para fazer um negócio se destacar no mercado. Entretanto, existe um ponto em comum nessa equação que será unânime entre eles: a paixão pelo que se faz. Esse foi o ponto de partida para Solon Galvão, patriarca da família Galvão de Melo. São 28 anos de amor e dedicação ao mundo automotivo que fazem da JBS Veículos uma referência no Nordeste quando se fala em qualidade e tradição na venda de automóveis novos e seminovos.

E essa caminhada está apenas começando. O patriarca ganhou a jovialidade, empolgação e inovação que seus filhos Saulo e Solon Filho agregaram ao negócio da família. O que começou apenas com seis carros em uma pequena loja alugada na Avenida Caxangá, transformou-se na mais renomada revenda de carros do Recife e que recebe clientes de vários estados do Nordeste (veja a trajetória da JBS na Linha do Tempo abaixo).

O mais recente passo na trajetória de sucesso da JBS foi a inauguração da nova loja no Pina. Situada ao lado do endereço da primeira unidade do grupo na Zona Sul do Recife, o empreendimento tem 350 metros quadrados, totalmente climatizado e sustentável. Trata-se de uma boutique para carros de luxo, elevando o patamar do mercado local e, mais uma, vez inovando no conceito de vender automóveis. (Veja como foi a inauguração da nova loja do Pina aqui)

O investimento de R$ 4 milhões deverá garantir um incremento de 50% nas vendas de carros de luxo na JBS Veículos. “Nossa intenção foi a de oferecer mais variedade ao cliente que visita a loja do Pina, com muito mais conforto e sofisticação. O público abrange clientes da Paraíba, Alagoas e Pernambuco. É um showroom mais moderno e que nele expomos apenas veículos de marcas premium, com ticket médio de R$ 200 mil, de modelos variados entre sedãs, compactos, SUVs e esportivos”, explica Saulo Galvão. Ele ressalta que este segmento representa aproximadamente 30 a 40% das vendas totais das lojas.

Sustentável

A nova loja do Pina é um exemplo de construção sustentável. Isso significa que o uso da tecnologia garante o menor impacto no meio ambiente. Para isso, foram implantadas soluções ecologicamente corretas, como sistema construtivo otimizado com eficiência de água e energia, gerenciamento de resíduos e iluminação em LED. Além disso, também foi instalado sistema de ar-condicionado eficiente, com filtro de alta capacidade sem o gás poluente clorofluorcarbonato (CFC), além de um inovador sistema de captação da água da chuva para lavagem de áreas comuns e de irrigação automática para o jardim.

Nova Loja da JBS no Pina

Como a família Galvão de Melo olha para o futuro, mas sem esquecer do passado, a loja matriz na Avenida Caxangá também ganhou um moderno sistema de captação de energia solar. Com investimento de R$ 450 mil, o telhado da unidade é revestido com painéis fotovoltaicos para a geração de 10.600 KW/mês em energia solar. Um investimento que pode parecer alto, mas que retornará em apenas 7 anos com a economia na conta de energia, além dos benefícios ambientais, que são incalculáveis.

São muitos os fatores que fazem a JBS se destacar em um dos mais concorridos segmentos do mercado nacional. Vender carros muita gente pode vender. Mas tornar-se referência nesse disputado ambiente é para poucos. A família Galvão de Melo sabe qual a fórmula para o sucesso que perguntamos no início desta matéria e não escondem de ninguém: amar o que faz, atender bem e olhar para o futuro sem esquecer do passado. Pode anotar e seguir esses passos. A trajetória da JBS é um exemplo de que isso é possível.

Veja a linha do tempo com a trajetória da JBS

Setembro de 1990 Quando tudo começou

Setembro de 1990 Quando tudo começou

A família Galvão de Melo, até então no ramo de farmácias, muda radicalmente e abre a primeira unidade da JBS no prédio alugado na Avenida Caxangá. Iniciava ali uma trajetória de sucesso. Com perfil empreendedor e pioneirismo, Solon Galvão de Melo inovava no mercado ao ser o primeiro no ramo de seminovos a abrir a loja aos domingo, criando assim uma nova forma de se vender carros no Recife. Naquele ano, o carro mais cobiçado e vendido era o Volkswagen Gol (foto acima), que já trilhava seu longo reinado de 27 anos no mercado nacional.

1994 – Desistir? Que nada. Expandir!

Quando o negócio estava a pleno vapor, o dono do prédio alugado pediu o ponto. O que poderia ser um motivo de desistência serviu de incentivo para a expansão dos negócios. O patriarca Solon Galvão de Melo seguia apostando na Avenida Caxangá, agora em um prédio próprio e com o triplo da capacidade de carros no show-room. A JBS consolidava-se no mercado de seminovos na capital pernambucana.  

1996 – Nova mudança

1996 – Nova mudança

Essa é uma data decisiva dentro da trajetória de sucesso da JBS. Solon Galvão comprou o ponto número 2834 da Avenida Caxangá, onde até hoje funciona a atual loja que é referência no segmento.

2008 – Loja cresce e se consolida

2008 – Loja cresce e se consolida

Durante 12 anos, Solon Galvão expandiu a JBS na Caxangá, adquirindo três outros pontos vizinhos, fazendo assim da JBS uma das maiores lojas do ramo de seminovos da capital pernambucana. 

2013 – JBS já é referência na Caxangá

2013 – JBS já é referência na Caxangá

Outro momento de significativa importância para a JBS ocorreu durante o ano de 2013. Isso porque a loja da Caxangá passou por grandes reformas, deixando a matriz no aspecto atual: moderno, espaçoso e pensado no conforto do cliente. Quando as reformas da matriz foram concluídas, chegava a hora de expandir os horizontes da JBS. Era preciso atender aos clientes que moravam na Zona Sul do Recife e a escolha do Pina foi uma iniciativa do patriarca com seus filhos, que já se dedicavam aos negócios da família (Solon Filho e Saulo Galvão).

2013 – Um ponto estratégico na ZS

2013 – Um ponto estratégico na ZS

O ponto estratégico, na principal entrada para a Zona Sul e a poucos metros do maior shopping da cidade, deu a JBS o patamar premium que ela carrega até hoje. O perfil do cliente pode ser outro, mas a dedicação dos Galvão de Melo aos negócios continuava o mesmo, tanto que a empresa precisou expandir novamente.

2018 – Nasce um novo conceito de loja

2018 – Nasce um novo conceito de loja

O mercado premium em alta exigia da JBS um espaço maior e mais moderno para os carros e, principalmente, para os clientes. Daí surgiu a extensão da loja do Pina. Mais do que um “anexo” para o espaço da Zona Sul, a nova unidade da JBS inaugurou um novo padrão de loja de novos (multimarcas)seminovos no Recife. Com investimento de R$ 4 milhões para adquirir o imóvel e reformar, os sócios esperam ter um incremento de 50% nas vendas.

Boutique para carros de luxo

Boutique para carros de luxo

Desenvolvida como uma “boutique” de alto padrão, a nova loja é a primeira do segmento sendo 100% climatizada. Cada detalhe dela foi pensado para elevar o padrão de atendimento, mas sem perder a essência do trabalho iniciado lá em setembro de 1990, quando Solon Galvão, com apenas seis carros, dava o pontapé na trajetória da família que é apaixonada por automóveis e por atender bem.

Deixe uma Resposta

Seu e-mail não será divulgado.
Campos marcadas com * são obrigatórios